Notificação push: o que é e para que serve?

1 min de leitura
Imagem de: Notificação push: o que é e para que serve?
Imagem: Pexels/Reprodução
Avatar do autor

As notificações push, embora gerem críticas sobre sua conveniência, são ferramentas de informação muito úteis e que oferecem certa praticidade para os usuários de smartphones. Em comparação às notificações comuns, elas apresentam algumas diferenças que merecem atenção.

A seguir, saiba melhor o que são, quais são suas características e qual é sua importância para os aplicativos.

O que são as notificações push?

a  (Pexels/Reprodução)

De modo geral, notificação é tudo aquilo que surge na tela do celular para avisar alguma novidade. Dentro desse gênero, existe outro tipo, conhecido como push notification, que em português é chamado de notificação push.

Push em inglês significa empurrar, e é exatamente o que o aplicativo faz na hora de enviar uma notificação desse tipo, afinal "empurra" o conteúdo mesmo sem a solicitação do usuário. Por esse motivo, esse subgênero exige mais planejamento dos desenvolvedores.

Algumas notificações, por exemplo, são idealizadas para serem irresistíveis, como as do iFood, que aparecem em diversos momentos, mas especialmente antes das refeições. Para alcançar esse efeito, são considerados inúmeros fatores, inclusive psicológicos.

Qual é a diferença entre as notificações?

aa  (Pexels/Reprodução)

A grande diferença entre a notificação comum e a push está no fato de o aplicativo perguntar se você deseja recebê-las ou não. Além disso, a versão push normalmente tem menos texto ou não aparece por completo na tela, geralmente pensada sob uma ótica de marketing.

Notificações comuns, por sua vez, resumem-se a mensagens de texto recebidas em apps como WhatsApp, Messenger, Twitter e Instagram.

Afinal, desativar ou não?

a  (Pexels/Reprodução) 

Hoje, praticamente qualquer aparelho permite a desativação das notificações de aplicativos, mas vale ressaltar que essa nem sempre é a melhor opção. No caso de um app de delivery de comida, por exemplo, você pode acabar perdendo cupons; em aplicativos de jogos, pode perder eventos temporários e prêmios. No entanto, essa decisão é muito pessoal.

Embora alguns não abram mão das notificações, outros preferem uma tela menos poluída, que permita priorizar as informações mais importantes e evitar distrações. No caso de apps de compras isso ainda pode ser útil para evitar gastos impulsivos e economizar dinheiro. Em resumo, tem prós e contras.

Notificação push: o que é e para que serve?