Como fazer a Carteira de Trabalho Digital [passo a passo]

2 min de leitura
Imagem de:  Como fazer a Carteira de Trabalho Digital [passo a passo]
Imagem: Governo Federal/Divulgação
Avatar do autor

A Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) é um documento obrigatório que contém toda a informação profissional do trabalhador. Originalmente emitido apenas em formato físico, ele ganhou uma versão digital em 2019; apesar disso, muitas pessoas ainda não sabem como emiti-lo ou sequer conhecem essa possibilidade.

Vale destacar que o aplicativo CTPS Digital existe desde 2017. No entanto, somente 2 anos após sua criação foi publicada uma Portaria que o tornou oficial, permitindo que substituísse a Carteira de Trabalho física.

Como solicitar a Carteira de Trabalho Digital

a  Kris Gaiato/Reprodução 

Como você pode imaginar, o documento digital oferece muito mais praticidade do que a versão física, e isso começa no momento de emissão. O serviço funciona cruzando as diversas bases de dados do governo com informações enviadas para o sistema eSocial pelo empregador, como dados do contrato de trabalho, anotações de férias, 13º salário etc.

Confira o passo a passo para emitir sua CTPS Digital:

  1. Acesse o site acesso.gov.br e clique em "Criar sua conta".
  2. Forneça as informações solicitadas.
  3. Escolha uma forma de ativação (SMS ou e-mail).
  4. Acesse o e-mail ou SMS para criar uma senha e ativar a conta.

Se não conseguir gerar uma senha pela internet, é possível fazê-lo pelos caixas eletrônicos do Banco do Brasil e da Caixa Econômica ou em alguma unidade do Ministério da Economia. De qualquer forma, assim que criar sua conta, você já poderá baixar o aplicativo oficial em seu celular.

Para tanto, basta buscar por "CTPS Digital" na Play Store ou na App Store. Depois, acesse o aplicativo e informe o CPF e a senha cadastrados. Em seguida, confira alguns dados pessoais como o nome da mãe e a data de nascimento.

Outras informações sobre a CTPS

a
Kris Gaiato/Reprodução 

Concluídas essas etapas, você terá acesso a dados básicos sobre seus vínculos empregatícios. Mas, se quiser ver mais detalhes, o app solicitará uma segunda confirmação de identidade com informações a respeito de seus contratos anteriores, como nome do último empregador, ano do último contrato, se recebeu benefícios do INSS nos últimos 5 anos etc. É importante ter bastante atenção nesse momento, afinal algumas informações incorretas podem levar ao bloqueio da conta.

Se o sistema identificar eventuais inconsistências, elas serão corrigidas automaticamente. Caso existam dados incorretos posteriores a setembro de 2019, o usuário pode informar o equívoco ao empregador ou solicitar que o ajuste seja feito no próprio aplicativo.

Carteira de Trabalho física

Se você tem a CTPS física e por algum motivo decidiu solicitar a versão digital, não descarte a primeira. Isso porque ela ainda serve como registro de trabalhos antigos, já que determinadas anotações (como férias e 13º salário) passam por um processamento um pouco demorado e, em razão disso, só aparecem no aplicativo dias depois da emissão.

Como fazer a Carteira de Trabalho Digital [passo a passo]