iPhone e Apple Watch: novo site mostra vantagens de uso conjunto

1 min de leitura
Imagem de: iPhone e Apple Watch: novo site mostra vantagens de uso conjunto
Imagem: iMore
Avatar do autor

O Apple Watch já possui versões com conexão celular que permitem o uso de maneira independente do iPhone, mas a Apple quer lembrar os consumidores de parear os dispositivos traz vantagens. A companhia lançou recentemente um novo site focado em mostrar exemplos de como os dois gadgets podem ser utilizados em conjunto.

De acordo com a Apple, utilizar os aparelhos juntos "multiplica seu poder" e oferece mais possibilidades de uso. O site ressalta algumas utilidades em que os produtos trazem melhorias para aplicativos e ferramentas desenvolvidas pela empresa.

Extensão do iPhone

Fonte:  Apple 

Para quem não possui a versão LTE do relógio, a Apple relembra que é possível atender ligações utilizando o acessório de pulso, e depois continuar falando no iPhone. A integração também funciona para mensagens de texto.

A Apple também ressalta que o Watch pode ser utilizado como uma extensão do iPhone. A empresa destaca que é possível usar o relógio para capturar imagens com a câmera do smartphone, o que permite montar enquadramentos a certa distância do celular.

Fonte:  Apple 

Além disso, o app de mapas da companhia permite configurar rotas usando o iPhone, enquanto o dispositivo de pulso pode ser utilizado para receber as direções. Assim, o usuário pode chegar ao destino sem precisar tirar o iPhone do bolso.

Caso você perca seu iPhone, a conexão com o Apple Watch pode ser útil para encontrar o smartphone. Segundo ressalta a Apple, os dois aparelhos contam com botões que emitem alertas sonoros no outro dispositivo.

Funções remotas

O novo site da Apple também aponta que o relógio inteligente pode ser utilizado sem o iPhone, para casos em que o usuário quer deixar o celular em casa e sair apenas com o Watch. Um dos exemplos disso é o Apple Pay, que funciona diretamente no smartwatch, mas com dados compartilhados no app de celular.

Fonte:  Apple 

O iPhone também pode ser utilizado para configurar playlists do Apple Music. Assim, o usuário pode escutar músicas durante a rotina de exercícios sem precisar ficar com o celular no bolso. O acessório de pulso também mapeia dados de atividades físicas, que posteriormente são compartilhados com o smartphone.

A Apple também recomenda que os usuários utilizem os fones de ouvido AirPods para complementar a experiência. Ou seja, o objetivo da empresa é ressaltar as vantagens em se manter dentro dos ecossistemas da marca, que deve lançar novos iPhones na segunda metade do ano.

iPhone e Apple Watch: novo site mostra vantagens de uso conjunto