Nvidia GeForce Now é lançado com plano mensal de US$ 5

1 min de leitura
Imagem de: Nvidia GeForce Now é lançado com plano mensal de US$ 5
Avatar do autor

Nesta terça-feira (04), a Nvidia lançou o GeForce Now (GFN) em alguns países, saindo (até que enfim) do período beta. O serviço de jogos via streaming da companhia pretende concorrer com os de outras grandes empresas do segmento, incluindo o Google Stadia.

Como funciona o GeForce Now

Basicamente, o GeForce Now é um serviço que permite que você jogue alguns dos jogos de PC mais populares com qualidade aceitável, a partir de vários dispositivos, como um laptop de entrada, um MacBook ou um smartphone Android. O serviço ainda não é compatível com o iPhone ou o iPad.

O GeForce Now foi lançado hoje nos Estados Unidos, Canadá, Europa, Rússia, Japão e Coreia do Sul, com um plano básico que custa US$ 5, além de um plano gratuito. A diferença entre eles é que o gratuito só permite partidas de até uma hora, enquanto o pago permite que os usuários joguem por até seis horas ininterruptas.

Fonte: Nvidia/Divulgação

Ao contrário de outros serviços de jogos via streaming, o catálogo de jogos do GeForce Now é feito a partir da biblioteca de jogos do próprio usuário, com base em suas contas nos serviços de games Steam, Epic Games, Battle.net e a Uplay. Isso significa que você poderá jogar qualquer jogo que você tenha adquirido nessas plataformas, a partir de um dispositivo compatível, e desde que o game também seja suportado pela plataforma. Basta abrir o app do GeForce Now, logar com sua conta nos serviços citados e importar seus jogos, incluindo as partidas salvas.

É importante notar que nem todo jogo é suportado pelo GFN. Alguns títulos de peso das desenvolvedoras Capcom, EA, Konami, Remedy, Rockstar e Square Enix ainda estão de fora.

Conexão de internet é muito importante

Para aproveitar bem o serviço, o usuário precisa morar perto de um dos servidores da Nvidia. A companhia afirma que seus datacenters podem atingir 80% das residências de banda larga nos países cobertos, com latência de 20 milissegundos.

A conexão mínima recomendável é de 15 Mbps. Para jogar em 1080 frames e 60 FPS, o indicado é uma conexão de 30 Mbps. A partir de 50 Mbps, o usuário tem a melhor experiência oferecida pelo serviço.

A Nvidia não informou quando pretende lançar o GFN em outros países.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Nvidia GeForce Now é lançado com plano mensal de US$ 5