Duende Verde francês sobrevoa Canal da Mancha e bate recorde mundial

1 min de leitura
Imagem de: Duende Verde francês sobrevoa Canal da Mancha e bate recorde mundial
Avatar do autor

Um francês pode estar trazendo o sonho das pranchas voadoras do Duende Verde para a vida real. O inventor Franky Zapata foi capaz de percorrer todo o trajeto do Canal da Mancha em cima de seu Flyboard Air. Ao todo, o Canal tem 35,4 km e é o estreito marítimo que liga a França à Inglaterra, e levou 22 minutos para ser voado de ponta a ponta com o aparato.

A prancha foi capaz de voar a 20 metros de altitude, com velocidade entre 160 e 170 quilômetros por hora. Durante o trajeto, o piloto de veículos aquáticos recebeu a escolta de 3 helicópteros.

Essa não foi a primeira tentativa de Zapata com o Flyboard pelo estreito. No dia 25 de julho ele tentou fazer a travessia, mas ficou sem combustível e caiu na água. Felizmente, ele não desanimou e a sua segunda tentativa foi um sucesso.

(Fonte: Mirror/Reprodução)

O aparelho levou 3 anos para ser desenvolvido e usa querosene de aviação como combustível, conseguindo voar por cerca de 10 minutos. Após esse período, é necessário pousar em um barco para reabastecer.

Agora que o seu objetivo foi concluído, o francês campeão de jet ski pretende tirar férias. Mas não pense que ele parará por aí: assim que retornar, promete começar a trabalhar em seu plano futuro, que é a montagem de um carro voador. Ele pretende finalizar a nova invenção até o fim do ano, com 10 turbinas e autonomia de 120 km.

Apesar de existirem alguns outros projetos semelhantes ao Flyboard, Zapata foi o primeiro a conseguir atravessar um percurso aquático tão grande, batendo um recorde mundial.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Duende Verde francês sobrevoa Canal da Mancha e bate recorde mundial