Huawei já está com chips Kirin 985 e 990 quase prontos para o mercado

1 min de leitura
Imagem de: Huawei já está com chips Kirin 985 e 990 quase prontos para o mercado
Avatar do autor

Após a sanção dos Estados Unidos que bloqueou a Huawei de fazer negócios com empresas do país, a companhia está com problemas até mesmo para fabricar seus próprios componentes, como a linha de processadores Kirin. Para este ano, porém, as coisas já estão encaminhadas: de acordo com informações vindas da mídia asiática, a HiSilicon, divisão de semicondutores da companhia, já concluiu o projeto do Kirin 985 e o Kirin 990.

Os dois novos chips, que vão aparecer nos smartphones da firma que chegam no segundo trimestre deste ano, serão produzidos pela empresa taiwanesa TSMC. Os processadores serão feitos em um novo processo de fabricação de 7 nanômetros utilizando a tecnologia EUV (litrografia ultravioleta extrema, em tradução livre).

A notícia serve como um grande respiro para quem torce pelo futuro da empresa chinesa, que recentemente também anunciou uma janela de lançamento para seu próprio sistema operacional, substituto do Android. Com as novidades, possivelmente os smartphones da linha Mate 30 devem ser lançados sem muitos problemas, mas a Huawei ainda deve enfrentar algumas pedras pelo caminho nos próximos anos.

Imagem: DigitalTrends

Vida difícil pela frente

Segundo ressalta o WCCFTech, o processo de fabricar um chip próprio envolve diversas empresas ao redor do mundo, o que com certeza vai dificultar a vida dos projetos futuros da Huawei. Além de ter perdido contratos com a ARM, a fabricante chinesa foi obrigada a cortar relações com a Synopsys, uma firma da Califórnia que oferece ferramentas para chipsets.

Apesar de não ser tão conhecida pelos consumidores finais, a Synopsys é uma empresa bastante popular nos bastidores do mundo da tecnologia e possui participação no desenvolvimento de 90% dos processadores FinFET, segundo a própria fabricante.

Além de colocar em perigo a produção dos futuros processadores da família Kirin, o fim das parcerias com empresas ao redor do mundo pode até atrapalhar o desenvolvimento dos chips 5G da Huawei. O Notebook Check aponta que o design do modem Balong 5000 já está pronto, logo, a Huawei também só deve enfrentar transtornos maiores em seus projetos futuros.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Huawei já está com chips Kirin 985 e 990 quase prontos para o mercado