Huawei vai lançar seu sistema operacional no mês que vem [ATUALIZADO]

3 min de leitura
Imagem de: Huawei vai lançar seu sistema operacional no mês que vem [ATUALIZADO]
Avatar do autor

[ATUALIZADO]A tarde desta terça-feira (28) foi ainda mais conturbada no noticiário internacional da Huawei. Inicialmente, o Tech Radar havia informado que um executivo da companhia tinha confirmado o lançamento do sistema operacional no próximo mês. Em seguida, a própria empresa negou isso.

Um jornalista da CNN na China, Arjun Kharpal, entrou em contato com a chinesa, que respondeu prontamente: “isso é um boato, estamos pedindo para a mídia não publicar isso e classificar como fake news”. Então, como isso tudo aconteceu?

Com bem relata o The Next Web, ao que parece, quem cometeu a gafe foi o próprio diretor administrativo e vice-presidente da Huawei Enterprise Business Group no Oriente Médio, Alaa Elshimy. Ele faz parte do setor de hardware para armazenamento pesado e Internet das Coisas para a indústria — ou seja, de uma área completamente diferente da de smartphones.

Há um certo desencontro de informações sobre a vinda do chamado Ark OS ou HongMeng, o que virou até motivo de piada.

Vale lembrar que não é a primeira vez que um executivo de uma empresa chinesa no Oriente Médio fala mais do que deveria — em novembro do ano passado aconteceu algo semelhante com a possibilidade da Oppo entrar no mercado brasileiro. Certo mesmo é que a chapa deve esquentar para o lado de Alaa Elshimy e ainda continuamos sem saber ao certo se veremos mesmo esse novo SO da Huawei tão cedo.

[MATÉRIA ORIGINAL] Desde que a ofensiva do governo Trump na guerra comercial com a China impôs restrições à Huawei, ficou a pergunta: como é que seus smartphones vão sobreviver sem o Android? Eis que a companhia disse estar trabalhando em seu próprio sistema operacional, chamado internamente de HongMeng e também registrado como Ark OS na Europa. Agora, a própria chinesa revela mais detalhes sobre sua solução, que já estava pronta no início do ano passado.

Tínhamos forte relacionamento com a Google e outras empresas, não queríamos estragar essas parcerias

“A Huawei sabia que isso estava chegando e estava se preparando. O sistema operacional estava pronto em janeiro de 2018 e era o nosso ‘Plano B’. Não queríamos trazê-lo para o mercado, pois tínhamos um forte relacionamento com a Google e outras empresas, não queríamos estragar essas parcerias. Agora, estamos lançando no mês que vem ”, disse Alaa Elshimy, diretor administrativo e vice-presidente da Huawei Enterprise Business Group no Oriente Médio.

HuaweiO diretor administrativo Alaa Elshimy. Fonte: Tech Radar

A expectativa é de que o HongMeng (ou Ark OS) seja compatível com telefones, computadores, tablets, TVs, carros conectados, smartwatches e wearables e outros dispositivos. Não há muito mais detalhes por enquanto, mas o executivo disse que os atuais aplicativos do Android devem continuar funcionando, além dos que poderão ser baixados via Huawei AppGallery.

Diretor diz que sanção dos EUA não afetará o funcionamento dos produtos

“As sanções dos EUA não afetarão o sistema operacional da empresa e os chipsets de forma alguma, já que somos autossuficientes em muitos aspectos. Nós temos todos os Intel para PCs e servidores. Cada player de armazenamento no mercado usa Qualcomm e nós somos o único usando nosso próprio chipset. É por isso que podemos ir na velocidade que queremos ”, disse Elshimy.

Além disso, o executivo disse que a Huawei tem seu processador baseado em ARM para substituir os chips da Intel e que lançará seu banco de dados, semelhante à Oracle, em breve. De acordo com relatórios do setor, a gigante asiática compra mais de US$ 11 bilhões em bens e serviços de empresas norte-americanas anualmente.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Huawei vai lançar seu sistema operacional no mês que vem [ATUALIZADO]