Os planos da Microsoft para sua divisão de hardware incluem o lançamento de vários novos produtos com a marca Surface durante os próximos anos. É o que diz o escritor Brad Sams, autor do livro “Beneath a Surface”, que conta a história recente da linha de notebooks, tablets e computadores da companhia.

Em seu livro, Sams afirma que a Microsoft está trabalhando em um monitor para a linha. Esse produto provavelmente será baseado na tela do Surface Studio, um dos aspectos mais elogiados desse aparelho. Com base nas fontes ouvidas durante a produção do livro, Sams acredita que esse monitor chegará às lojas até 2020.

Esse também é o prazo para que a Microsoft coloque no mercado um PC modular da linha Surface, permitindo que os usuários troquem os componentes com o passar do tempo e mantenham a máquina sempre atualizada. Esta é uma característica muito procurada por quem monta seu PC para jogos ou trabalho e é algo que ainda não pode ser feito com a mesma facilidade nos computadores da marca. Existe até mesmo uma patente de 2016 da companhia que aponta nessa direção.

Entre outros detalhes publicados no livro, está a informação de que a Microsoft continua no Project Andromeda, um aparelho que supostamente teria duas telas, seria dobrável e poderia funcionar como um PC tradicional quando conectado a um monitor maior. Além disso, a Microsoft estaria cogitando trocar os processadores da Intel por componentes da AMD já no próximo ano. Isso seria resultado de uma insatisfação com a demora da Intel em entregar seus chips de 10 nanômetros.