Lisa Su, CEO da AMD, receberá o prêmio de liderança exemplar da GSA

2 min de leitura
Imagem de: Lisa Su, CEO da AMD, receberá o prêmio de liderança exemplar da GSA
Fonte: Reprodução/SFWallpaper
Avatar do autor

A Doutora Lisa Su será homenageada pela Global Semiconductor Alliance (GSA) pelas notáveis realizações de sua gestão como presidente e CEO da Advanced Micro Devices (AMD). Ela receberá o respeitado e honroso Prêmio de Liderança Exemplar Dr. Morris Chang no dia 6 de dezembro de 2018, numa cerimônia realizada em Santa Clara, Califórnia.

A organização sem fins lucrativos GSA foi fundada em 1994, com a missão de acelerar o crescimento da indústria global de semicondutores, por meio da colaboração, integração e inovação. Hoje, ela possui mais de 400 membros, representando 25 países.

Já o Prêmio de Liderança Exemplar Dr. Morris Chang, foi criado em 1999, com o objetivo de reconhecer indivíduos por suas contribuições excepcionais, exemplificando como sua visão e liderança global transformaram e elevaram toda a indústria de semicondutores.

A indicação de Lisa Su para a homenagem baseia-se em suas contribuições tecnológicas contínuas, excepcional visão de negócios, e por ter se tornado um exímio modelo de líder para a indústria de tecnologia e a comunidade empresarial.

História de sucesso

Su foi admitida na AMD em 2012 como vice-presidente sênior e gerente geral das Unidades de Negócios Globais, responsável pela integração das unidades de negócios, vendas, operações globais e equipes de capacitação de infraestrutura em uma única organização voltada para o mercado.

Por sua atitude visionária, em outubro de 2014 foi nomeada CEO da companhia, tendo, como principal meta, fazer a AMD voltar a competir no mercado de computação de alto desempenho, que há anos estava sob total domínio da Intel.

Desde o primeiro semestre de 2017, quando a empresa apresentou sua novíssima arquitetura Zen, com famílias de CPUs para desktop, estações de trabalho e servidores completamente remodeladas, a capitalização de mercado da AMD já aumentou quase dez vezes.

Em novembro de 2018 um novo e importante passo foi dado: foram anunciados os primeiros chips (CPU e GPU) fabricados em 7 nanômetros do mercado, a serem lançados em 2019.

Lisa Su é uma inspiração para qualquer líder, em qualquer área de atuação. Como mulher, ela se torna um ícone feminino num campo altamente povoado por homens. Antes da AMD, Su já ocupou cargos de liderança executiva e engenharia na Texas Instruments, IBM e Freescale Semiconductor Inc.

Bacharel, mestre e doutora em engenharia elétrica pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), ela entrou para Academia Nacional de Engenharia dos EUA e figura na lista dos “50 maiores líderes do mundo” pela revista Fortune. Lisa ainda atua no Conselho de Diretores da Analog Devices, da Global Semiconductor Alliance (GSA) e da U.S. Semiconductor Industry Association (SIA).

Outras mulheres com cargos de destaque na indústria da tecnologia

Outra mulher de sucesso é um dos braços direitos de Lisa na AMD. Ruth Cotter é vice-presidente sênior de marketing mundial, recursos humanos e relações com investidores.

Além de Lisa e Ruth, podemos citar vários nomes femininos de peso na indústria de tecnologia, em empresas que também atuam no mercado de hardware:

  • Diane Bryant - CEO da Plataforma Google Cloud e ex-presidente do Centro de Dados da Intel;
  • Meg Whitman - CEO da Hewllet-Packard (HP);
  • Ginni Rometty - CEO da IBM;
  • Safra Catz - CEO da Oracle;
  • Ursula Burns - CEO da Xerox e parte do corpo de diretores da Uber. Ursula é a primeira mulher afro-americana a se tornar CEO de uma empresa pela lista da Fortune 500.

A GSA, que vai homenagear Lisa Su, também possui uma presidente e CEO do sexo feminino. Seu nome é Jodi Shelton.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Lisa Su, CEO da AMD, receberá o prêmio de liderança exemplar da GSA