Os pesquisadores do laboratório de pesquisas do MIT criaram uma mesa um pouco diferente: trata-se de um protótipo que possui a capacidade de se adaptar ao humor do usuário, visando reduzir seu stress.

Na prática, a mesa realiza alguns ajustes simples, mas que podem ter grande impacto no humor do usuário: ela altera a iluminação e muda também as imagens da tela encaixada na parte frontal da mesa, exibindo algo que seja mais adequado ao estado emocional do usuário. Além disso, para completar a experiência, há sons específicos tocados através de alto-falantes.

Esse projeto recebeu o nome de "Atmosfera Mediada" e, de acordo com o pesquisador Nan Zhao, combina os conhecimentos da psicologia, design e tecnologia. Zhao também acredita que essa mesa poderia ser utilizada em escritórios sem sofrer interferências externas, mas é necessário realizar mais testes para garantir.

Contudo, como será que a mesa detecta os níveis de stress do usuário? Essas informações são obtidas coletando sinais discretos do corpo, mas que são importantes: a postura, o ritmo dos batimentos cardíacos e até mesmo a expressão facial são alguns deles. Assim, se os sensores indicarem a necessidade, o monitor pode mostrar um vídeo de água corrente, por exemplo.

O projeto ainda está no começo; os pesquisadores envolvidos ainda precisam fazer mais testes para que o móvel trabalhe com o máximo de seus recursos. Futuramente, a ideia é criar uma espécie de mesa personalizada, para que ela funcione de acordo com o ritmo de trabalho do usuário. Nada mal, né?