A Google já fez algumas experimentações com óculos e, apesar de tudo, nada nunca foi para frente da maneira como planejado pela companhia. Atualmente, as suas iniciativas na área são a plataforma de realidade virtual Daydream, que vem sendo usada por fabricantes parceiras, e também o Cardboard, um headset de papel no qual um smartphone precisa ser acoplado.

Mas a coisa está prestes a começar a mudar. Segundo o site Winfuture.de, a gigante trabalha na criação de seu próprio dispositivo de realidade aumentada, ou seja, um rival de peso para o Microsoft HoloLens. A peça estaria sendo concebida em parceria com outras duas companhias, a Qualcomm e a ODM Quanta.

Como um bom aparelho de realidade mista, ele mistura realidades virtual e aumentada para aplicar elementos digitais sobre o mundo real. A publicação informa que os novos óculos da Google, internamente chamado de Google A65, contariam com uma série de sensores, câmeras e microfones, inclusive com suporte a comandos de voz.

Google GlassA Google lançou uma nova edição do Google Glass no ano passado.

Qualcomm entraria na parceria fornecendo o processador para o A65, um QSC603 capaz de oferecer potência e consumir pouca energia. O novo produto estaria em fase bastante inicial de desenvolvimento, portanto ainda é cedo para prever quando (e se) teremos novas informações a seu respeito.

Vale lembrar que rumores surgidos em março deste ano apontavam para o desenvolvimento de um aparelho de realidade virtual com especificações e ponta fabricado pela Google. O gadget seria apresentado no final de maio, durante a Display Week 2018, que acontece entre os dias 20 e 25 de maio em Los Angeles, Estados Unidos. Quem sabe a Google surpreende duplamente em sua participação no evento?

Cupons de desconto TecMundo: