Em julho de 2017, a Samsung se tornou a maior fabricante de processadores do planeta e pôs fim ao reinado de 24 anos da Intel no setor. Agora, essa posição se consolida ainda mais com a Samsung liderando o mercado de chips com uma vantagem significativa de 23% em relação à rival no primeiro trimestre de 2018.

O sucesso da sul-coreana já tinha ficado claro no balanço financeiro dos primeiros três meses do ano divulgado por ela recentemente. O documento indicava que parte considerável do lucro recorde obtido no período tinha participação massiva da produção e venda de processadores.

Agora, os números da IC Insights reforçam ainda mais a liderança da Samsung porque colocam o resultado dela em comparação com o de suas rivais: a empresa fechou o período de janeiro a março deste ano com um faturamento de US$ 18,6 bilhões contra “apenas” US$ 15,8 bilhões da Intel, a segunda colocada.

IC InsightsChips têm sido os produtos mais rentáveis da Samsung.

A comparação feita entre o próprio desempenho de ambas em relação ao mesmo período de 2017 escancara ainda mais o sucesso da companhia de Seul: enquanto a Intel cresceu somente 11%, a Samsung deu um incrível salto de 43%.

Segundo os números da IC Insights, fecham a lista das cinco maiores fabricantes de processadores do mundo na atualidade a taiwanesa TSMC, a sul-coreana SK Hynix e a estadunidense Micron. Apesar de não vender os seus chips para outras empresas, a produção própria da Apple a coloca como a 15ª maior do mundo no setor no primeiro trimestre de 2018.