Um novo sistema feito pela LEGO em parceria com a Universidade Queens, do Canadá, permite que amantes das pecinhas coloquem suas criações para voar. Assim que eles montam os blocos em um controle especial que pode ser dobrado, uma série de drones replica sua construção e a coloca no ar, por meio de visão computacional. O produto está em exposição em Copenhagen, e seus criadores torcem para que um dia ele possa cumprir um papel importante no estudo de Física, nas escolas.

O sistema, além de recriar a montagem em blocos, traduz quando a pessoa que controla move ou dobra o controle, fazendo com que os drones se movam de acordo. Também são traduzidas as cores de cada peça montada no controle. Assim que desligados, os drones voltam para suas bases para recarregar.

1

Para entender melhor como funciona o "LEGO voador", foi disponibilizado um vídeo em que blocos nas cores vermelho, azul e verde formam uma borboleta, ao serem montados no controle. A simulação que se constrói com os drones, por sua vez, também bate as asas de acordo com os movimentos feitos no controle dobrável.

A nova tecnologia faz parte da mostra da LEGO World Expo, em Copenhagen, na Dinamarca. Enquanto o sistema ainda não está nas lojas, o LEGO Creative Play Lab, que trabalha com futuras tendências, vê bastante potencial no produto para ensinar Física a jovens estudantes.

2

Um dos professores envolvidos no projeto, Roel Vertegaal, exemplificou de que maneira o sistema pode ser útil na educação: “Nos imagine interagindo com reconstruções do movimento dos planetas em volta do Sol, ou estrelas distantes na Via Láctea”. Para ele, essa tecnologia nos torna capazes de simular a física do mundo natural como a gravidade, órbitas planetárias e mais, dando aos estudantes a chance de realmente ver o que estudam pelos livros.

Além do "LEGO voador", a empresa anunciou neste mês outra novidade que despertou a ansiedade por seus produtos, principalmente por parte dos fãs de Star Wars. Há pouco, ela divulgou o conjunto Kessel Run Millenium Falcon, ligado ao filme "Han Solo: Uma História Star Wars". São 1.412 peças, por US$ 170, incluindo figuras como Han Solo, Chewbacca, Qi’ra, Lando Carlrissian, um droide Kessel e duas personagens ainda não desvendadas.

Cupons de desconto TecMundo: