Os usuários do smartwatch da Pebble contarão com serviço de suporte fornecido pela Fitbit só até o último dia de junho de 2018, segundo informou a própria empresa em comunicado emitido recentemente.

Ao publicar a decisão, a Fitbit afirma: "Ao longo de todo esse período, toda a comunidade Pebble foi convidada a explorar destaques comuns do seu ecossistema envolvendo a plataforma da Fitbit, desde aplicativos a experimentos e recursos nas faces dos relógios".

Como o smartwatch opera após o fim de operação da Fitbit

Embora a mensagem seja de tom otimista, é certo que a empresa espera que os clientes inseguros com os novos rumos da Pebble possam migrar para a tecnologia já conhecida e desenvolvida pela Fitbit nos seus produtos.

Aos usuários que pretendem continuar com o uso do smartwatch Pebble, a marca assegura que o aparelho seguirá funcionando mesmo após a data estipulada para o encerramento do suporte da Fitbit; o que deve acontecer é que os recursos serão direcionados. Assim, devem permanecer operando a loja de aplicativos da Pebble, o fórum, recursos como reconhecimento de voz e respostas por SMS e email, pins da timeline e a ferramenta de desenvolvimento CloudPebble.

O histórico da Pebble e da Fitbit

A Pebble foi comprada pela Fitbit no final de 2016, após um histórico com grande sucesso de mercado provocado pelos relógios inteligentes produzidos pela marca.  Com a aquisição na época, a Fitbit tomava posse do acesso à tecnologia, à propriedade intelectual e ao sistema operacional. 

À frente da Pebble, a Fitbit chegou a lançar produtos com expressiva repercussão e procurando disputar mercado com tecnologias similares, tais como alguns produtos da gigante Apple, por exemplo.

Com o desligamento, um ponto delicado que surge é o fato de os aparelhos da Pebble não receberem atualizações. Tanto em iOS quanto em Android, é possível que os dispositivos não suportem mais as versões recentes desses sistemas operacionais, por incompatibilidade técnica.

Embora o Apple Watch domine o segmento em quantidade de usuários, há ainda uma fatia considerável que ainda prefere o smartwatch da Pebble, por conta de algumas funcionalidades exclusivas.