O alardeado iPhone X foi lançado com mudanças e toda a pompa de um flagship da Apple que comemora 10 anos. Contudo, nem todo mundo ficou assim tão deslumbrado com a novidade e tem até quem queira devolver o aparelho. Entrevistado para falar sobre as novas curvas do smartphone, o lendário designer chefe da companhia, Jony Ive, afirmou que o produto é um trabalho em progresso e em breve vai evoluir e “fazer coisas que não pode agora”.

De acordo com o Phone Arena, a declaração foi dada durante uma entrevista sobre o desenho do telefone. Para Ive, um dos grandes atrativos do iPhone X é a capacidade que o software terá de moldar suas funcionalidades ao longo da vida útil. “Sempre fui fascinado por produtos que servem a propósitos mais gerais. O que acho notável sobre o iPhone X é que sua funcionalidade é bastante determinada pelo software. E por causa dessa natureza dinâmica, ele vai evoluir. Em 12 meses esse objeto poderá fazer coisas que não pode agora. Acho isso extraordinário e vamos olhar para trás e ver isso como algo muito significativo em termos de desenvolvimento de produto.”

iphone x

As palavras de Ive indicam que o iPhone X é considerado mesmo um novo começo para a linha e seu sucessor deve seguir essa concepção de “gadget mutante”, com menos funções fixas e habilidades que são incorporadas ou desenvolvidas ao longo do tempo. “Estou mais intrigado por um objeto que muda sua função profundamente e evolui. Isso é raro.”

O que isso tudo quer dizer na prática os consumidores terão mesmo que aguardar para conferir. Mas será que um iPhone que demora para mostrar todo seu potencial dá certo no atual intervalo anual de upgrade? E o que você acha de comprar algo que só deve mostrar todo seu potencial perto do lançamento de seu sucessor? Deixe sua opinião!

Cupons de desconto TecMundo: