SNES Classic chegou ao mercado internacional há pouco mais de uma semana, e o cracker russo “Cluster” já conseguiu desbloquear o console para rodar mais games do que aqueles carregados de fábrica no aparelho. Diferente do NES Classic, esse modelo vem com apenas 21 jogos pré-instalados, o que incentiva os usuários mais experientes a mexer no sistema do aparelho.

Cluster conseguiu fazer o desbloqueio em tão pouco tempo porque, segundo ele, o mesmo crack que criou para o NES Classic pôde ser utilizado no novo console em miniatura depois de algumas personalizações. Isso indica que, mesmo sabendo que a comunidade gamer já tinha um bom método para desbloquear seu console anterior, a Nintendo não fez muito para impedir que o processo fosse repetido no SNES Classic.

Direitos autorais

A única forma de jogar títulos fora do catálogo original é fazendo o carregamento via ROM

Há quem diga que isso significa que a Nintendo deixou sua gana por direitos autorais de lado nesses consoles por saber que não há uma alternativa legalizada para instalar mais jogos nessas versões miniaturizadas dos dispositivos. Não existe uma loja de games online nem compatibilidade com cartuchos antigos. Portanto, a única forma de jogar títulos fora do catálogo original é fazendo o carregamento via ROM.

De qualquer maneira, se você tem os cartuchos dos games que você está instalando no seu NES ou SNES Classic, tecnicamente, você não está fazendo nada ilegal, mesmo que tenha baixado as ROMs dos games a partir de repositórios online.

Cluster indicou passo a passo de como fazer o desbloqueio do novo SNES Classic mini neste tópico do Reddit. Para baixar os arquivos necessários para a modificação, é preciso acessar esse repositório do GitHub.

Cupons de desconto TecMundo: