Enquanto Acer, HPDell e Lenovo estão tentando entregar visualizadores baratos para a nova plataforma de realidade mista da Microsoft, a Samsung mostrou que entrou nesse mercado para competir no segmento dos top de linha. O headset Odyssey apresentado oficialmente hoje (03) pela marca — durante um evento com a Microsoft — traz especificações que deixam os competidores comendo poeira. Mas essa superioridade técnica chega a um preço mais salgado: US$ 499, o equivalente a R$ 1.570 na conversão de hoje desconsiderando impostos.

O concorrente da Acer nesse segmento custa nos EUA US$ 299, o da HP sai por US$ 329, e os modelos da Dell e da Lenovo ficam em US$ 349. Mas talvez o headset da Samsung acabe valendo a pena. Isso porque ele vem com fones de ouvido da AKG embutidos para som 360°, e os Motion Controllers estão inclusos no pacote. Quem comprar os produtos das concorrentes terá que jogar dom joysticks comuns ou adquirir esses controles separadamente.

samsung odisey

Mas o que deve de fato fazer a diferença na experiência do usuário é a qualidade dos displays. A Samsung está oferecendo dois painéis OLED de 2880 x 1600 com 110° de campo de visão. Em contrapartida, todos os concorrentes usam telas quadradas de 1400 x 1400 e 95° de visão para o WMR. Os displays da Samsung ainda funcionam a 90 Hz.

Outro detalhe exclusivo desse aparelho é o ajuste de lentes, que permite personalizar o posicionamento desses componentes dentro do headset para que o usuário tenha uma visualização mais nítida.

samsung odyssey

A pré-venda do Samsung Odyssey já começou no site norte-americano da Microsoft, e as entregadas devem acontecer a partir de sexta-feira (06). Entretanto, esse aparelho só vai funcionar plenamente no Windows depois do dia 17 de outubro, quando a plataforma WMR deve ser liberada para usuários do Windows 10 na Fall Creators Update.

Cupons de desconto TecMundo: