Hasbro e Mattel, duas das maiores fabricantes de brinquedos do mundo, foram multadas em US$ 835 mil pela Procuradoria-Geral do Estado de Nova York por rastrear a navegação de quem acessava sites infantis com o objetivo de exibir publicidade direcionada. O anúncio foi feito pela procuradoria nesta quinta-feira (15).

Usar dados anônimos de navegação dos usuários para oferecer propagandas relevantes para eles é uma prática comum na internet, mas nos Estados Unidos essa atividade é proibida em sites direcionados a crianças com menos de 13 anos.

De acordo com o procurador Eric Schneiderman, uma investigação de dois anos encontrou rastreadores em sites de diversas marcas infantis populares, como Barbie, Dora Aventureira, Hot Wheels e My Little Poney. Esse tipo de publicidade violava a Lei de Proteção às Crianças Online.

O acordo feito com as empresas pela procuradoria consiste no pagamento da multa, a retirada dos rastreadores de todos os sites e a promessa de que vão checar os anúncios constantemente para garantir que eles não descumpram a lei. Além das fabricantes de brinquedos, fizeram parte do acordo a desenvolvedora de games para crianças JumpStart e o conglomerado de mídia Viacom.

Cupons de desconto TecMundo: