A partir do último final de semana, os brasileiros puderam, finalmente, adquirir seus novíssimos iPhones 4. No entanto, o preço encontrado nas prateleiras não agradou. Uma pesquisa mostrou que o aparelho da maçã mais caro do mundo é o brasileiro.

O Baixaki já mostrou para seus usuários que os preços de produtos da Apple aqui no Brasil são realmente muito altos. Em uma pesquisa realizada pela revista Exame, com aparelhos da Apple desbloqueados e sem plano de fidelidade, o produto provou ser mais caro no Brasil, batendo a até então “campeã de preços”, Itália.

Os produtos no Brasil possuem uma carga tributária altíssima, e esta é uma das principais razões para o preço do iPhone – bem como todos os aparelhos da Apple – serem muito mais caros por aqui.

Reprodução: Apple

Além dos impostos de IPI (15% sobre produtos industrializados), ainda temos 9,25% de impostos para PIS (Programa de Integração Social) e Cofins (Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social) e o ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), um imposto que tem média de 18%, mas que pode variar de acordo com o estado.

O iPhone 4 custa, para nós, R$ 1799 (16 GB) e R$ 2099 (32 GB), ou seja, R$ 697 e R$ 796 a mais, respectivamente, do que no Canadá, preço mais baixo da pesquisa. Seria possível comprar o novo iPhone e ainda um iPod com o valor que pagamos no Brasil.

Mesmo a diferença da Itália, 14ª colocada na pesquisa, para o Brasil (15º) é significativa, sendo o aparelho de 16 GB R$ 317 mais barato e o de 32 GB, R$347. É claro que nós já esperávamos por um preço alto, mas ser o campeão dessa categoria não é um título nada agradável para o Brasil.

Cupons de desconto TecMundo: