Na Espanha, grupo usa hologramas para protestar contra novas leis

1 min de leitura
Imagem de: Na Espanha, grupo usa hologramas para protestar contra novas leis
Avatar do autor

Um grupo de ativistas espanhóis autodenominados No Somos Delitos (“Não somos crimes”, em português) chamou atenção do mundo inteiro neste fim de semana ao organizar o primeiro protesto via hologramas da história.

A intenção do coletivo era demonstrar o descontentamento popular do povo espanhol em relação a uma série de novas leis que foram recentemente aprovadas na legislação do país. As novas medidas – sancionadas com a intenção de “proteger os cidadãos” – criminalizam várias formas de protesto e, de acordo com o próprio grupo de ativistas, atenta contra a liberdade de expressão e comunicação.

Em entrevista ao jornal El Mundo, um representante do No Somos Delitos afirmou que a ação organizada neste fim de semana foi planejada para ironizar os efeitos das novas leis. “Com as restrições que estamos sofrendo em nossa liberdade de reunião, a última opção que teremos será protestar com hologramas”, afirmou. Como você pode ver no vídeo que abre esta notícia, as representações holográficas dos protestantes caminharam em frente à Câmera dos Deputados da Espanha.

Como parte de sua campanha, os ativistas também lançaram o hotsite Hologramas por la Liberdad (“Hologramas pela Liberdade”), que reúne informações sobre as medidas proibitivas e permite que qualquer cidadão transforme seu rosto em um holograma – uma forma bem simples e acessível de participar dessa manifestação futurística.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Na Espanha, grupo usa hologramas para protestar contra novas leis