As redes sociais lamentaram na última semana a ausência de um dos fakes mais ativos e divertidos da internet: a Dilma Bolada, perfil irreverente que satiriza e homenageia a presidenta do Brasil, Dilma Rousseff. Mas o período de luto terminou, porque ela está de volta no Twitter e no Facebook.

No Twitter, aos seus 237 mil seguidores, a última postagem do perfil @diImabr havia sido em 23 de julho. No Facebook, a ação foi mais radical e a página saiu do ar, com direito a comentários ácidos do responsável pelas atualizações, Jeferson Monteiro.

A partir da manhã desta terça-feira (29), entretanto, ela está de volta — com direito às mesmas postagens cheias de humor, críticas e hashtags. Como motivo da ausência, a presidenta fake citou "miniférias pós Copa".

Denúncia

Segundo a Folha de S. Paulo, essa ausência não foi causada só por desânimo em relação aos rumos da internet e aos ataques de seguidores contrários à agora candidata. O jornal afirma que emissários da campanha de Dilma Rousseff à reeleição foram enviados para encontrar Monteiro e "resolver uma pendência financeira".

A denúncia afirma que a ideia da negociação era pedir pelo retorno da página de Dilma Bolada no Facebook, com 1,4 milhão de curtidas — e que o rapaz até seria contratado para as eleições, mas "o acordo não foi fechado". Em defesa, Monteiro afirma que nunca recebeu pagamentos pelas páginas.

Cupons de desconto TecMundo: