(Fonte da imagem: Reprodução/Facebook)

O Partido Pirata do Brasil (PPBr) foi criado durante um ato realizado no último sábado, dia 28 de julho, na cidade de Recife. Contando com o idealizador do movimento no mundo, o sueco Rick Falkvinge, o evento reuniu mais de 100 pessoas de 15 estados brasileiros.

O partido, para quem não conhece, tem entre as suas causas a inclusão digital e a construção de políticas públicas colaborativas. Durante a reunião, os militantes assinaram o estatuto do partido e elegeram os primeiros dirigentes da nova sigla. Agora, ainda é necessário legalizar a criação do partido encaminhando uma série de documentos ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e reunir 500 mil assinaturas de apoio do eleitorado.

Enquanto o estatuto do partido já está no ar, no momento sua visualização está desabilitada enquanto as últimas mudanças ainda não foram adicionadas. Nesse tempo, a página do PPBr no Facebook já foi curtida mais de 3,7 mil vezes.

Fonte: Terra

Cupons de desconto TecMundo: