Mesmo depois da atualização 0.33.0, não há nada que indique com precisão a proximidade dos monstrinhos em Pokémon GO. O sistema de localização de monstrinhos era muito bom, mas nenhum brasileiro chegou a vê-lo, pois ele foi removido antes do lançamento no país. Há um modelo novo em testes e alguns sortudos já tiveram a oportunidade de experimentá-lo, mas a grande maioria das pessoas ainda está sem rumo para onde ir. Entretanto, um leitor enviou uma curiosa forma tentar encontrar pokémons da maneira atual.

A teoria utiliza como alicerce a pequena bússola localizada no canto superior direito da tela. Caso você não tenha reparado ou não saiba para o que ela serve, é simples: clicar no ícone faz com que o mapa fique travado em relação ao norte ou deixe a câmera livre na direção que você está andando. Contudo, como isso pode ajudar a caçar pokémons? Confira.

Bússola

Os pontos cardeais são a chave?

O leitor colaborador Juvenal Henrique Dias Ribeiro disse ter testado o método muitas vezes e que realmente dá certo. Basicamente, há até três pokémons que são mostrados na barra inferior direita. De vez em quando, há um número maior, mas você precisa clicar para expandir a visualização.

Porém, apenas os três primeiros importam. Cada um deles simbolizaria um ponto cardeal, ou seja, o da esquerda representa o Oeste do mapa, o do centro é o equivalente ao Norte e, por último, o da direita simboliza o lado Leste. Em outras palavras: você precisa seguir as direções corretas para encontrar os pokémons. Exemplo: há um Tangela no meio? Então você deve ir para a direção Norte para achá-lo.

Pokémons próximos

O método funciona?

Para comprovar a funcionalidade, pedimos para todos os redatores da empresa prestarem atenção nos próximos dias e ver se a dica realmente dava certo. No final das contas, muitas vezes foi apenas coincidência, pois vários pokémons da área “Nearby” apareceram no mesmo local, sem obedecer a regra dos pontos cardeais.

O método não é 100% garantido, mas funcionou várias vezes. Na dúvida, lembre-se dele

Entretanto, em muitas outras vezes a lógica também deu certo. No final das contas, não é possível afirmar que essa é a mecânica do game, mas é uma dica muito importante para que você saiba no momento que aparecer um Dragonite nas redondezas. Afinal, é melhor testar um método que já deu certo algumas vezes do que tentar a sorte, não é?

Essa dica foi enviada pelo leitor Juvenal Henrique Dias Ribeiro. Se você tiver mais colaborações, envie para nós com o botão "Sugerir notícia", que fica no canto superior direito da home do TecMundo ou TecMundo Games.

Cupons de desconto TecMundo: