Usuários mais antigos da internet e aficionados por música certamente vão se lembrar do Winamp, um dos players musicais mais populares dos primórdios da rede mundial. Com o tempo e a ascensão de outros tocadores, como o iTunes, o Winamp foi sendo esquecido e acabou vendido pela AOL em 2013 – após ter sido informado que a marca seria descontinuada – para o serviço de rádio online Radionomy, que adquiriu os direitos da Nullsoft.

Ainda assim, não foi possível revitalizar o player como muitos esperavam e o Winamp novamente caiu no esquecimento. A boa notícia é que o Vivendi Group, que é dono ou tem algum envolvimento com companhias como o Dailymotion, a Ubisoft e o Deezer, adquiriu da Radionomy os direitos do Winamp e pode trazê-lo de volta para a vida em 2016.

Em um press release publicado pelo Vivendi Group, tanto o Winamp quanto o Shoutcast – outro produto da Nullsoft – são mencionados como duas das principais aquisições da empresa a se unirem ao resto do portfólio.

Enquanto o Winamp não volta com tudo (se realmente voltar), você pode matar a saudade baixando a última versão do player clicando neste link.

Você acha que o Winamp pode voltar a fazer sucesso nos dias de hoje? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: