Sempre que você pesquisa alguma coisa no Google, os primeiros resultados quase sempre “anúncios” ou “resultados patrocinados”, como o buscador gosta de chamar. Esse mesmo modelo está sendo implementado também na Play Store, a loja de apps do Android. Por enquanto, o programa está apenas em fase de testes e, por isso, só está disponível para alguns usuários.

A Google está agora recebendo opiniões tanto dos anunciantes que já estão pagando pelo primeiro lugar nos resultados de buscas da Play Store quanto dos usuários do Android que já estão vendo a novidade em seus smartphones. A companhia diz que, nos próximos meses, pode haver uma expansão dessa nova possibilidade de negócios. Ou seja, os resultados patrocinados devem começar a funcionar plenamente na loja em algum tempo.

Essa implementação de anúncios patrocinados na loja do Android deve aumentar a receita da Google consideravelmente, mas a companhia diz que a medida vai beneficiar também usuários e desenvolvedores da plataforma. Os criadores de apps e games poderão tornar seus softwares mais conhecidos, e os usuários poderão descobrir coisas novas com mais facilidade.

Falando em dinheiro, nesse mesmo anúncio, a Google disse que já existe mais de 1 bilhão de aparelhos Android ativos em 190 países espalhados pelo mundo. Em 2014, a empresa pagou US$ 7 bilhões para desenvolvedores em valores equivalentes a compras de conteúdo na Play Store. O resultado é US$ 3 bilhões a menos que o rendimento da App Store da Apple no mesmo período. A diferença entre iOS e Android nesse aspecto, entretanto, vem diminuído progressivamente. 

Cupons de desconto TecMundo: