A caça às bruxas dos direitos autorais nos Estados Unidos continua e a “vítima” mais recente foi o Sharebeast.com, considerado o maior site de compartilhamento ilegal de músicas daquele país. Desde sexta-feira passada (11), quem visita o domínio se depara com a imagem abaixo, com os brasões do Departamento de Justiça dos EUA, do FBI e do Centro de Coordenação de Direitos de Propriedade Intelectual Nacional.

Abaixo dele, um texto explica que o endereço eletrônico foi derrubado pelo FBI em cumprimento a um mandado judicial, além de explicitar qual a pena para quem, propositalmente, infringe as leis americanas de direitos autorais.

Cary Sherman, CEO da Associação da Indústria de Gravação da América (RIAA, na sigla em inglês), divulgou um comunicado à imprensa sobre o assunto. A nota dizia que “Essa é uma grande vitória para a comunidade musical e para os serviços legítimos de música. Sharebeast operava com flagrante desrespeito aos direitos dos artistas e selos musicais, enquanto minava o mercado legalizado”.

Outros sites relacionados diretamente com o Sharebeast, como albumjams.com e mp3pet.com, também foram desativados pela justiça americana. O Departamento de Justiça dos Estados Unidos mencionou sobre o caso que a RIAA já havia feito mais de 100 mil denúncias a respeito da ilegalidade na distribuição de arquivos feita pelo domínio. Na época da Copa do Mundo de Futebol de 2014, a FIFA solicitou o bloqueio do site, que também exibia os jogos em streaming de forma ilegal.

Qual sua opinião em relação à derrubada de sites que distribuem filmes, músicas e arquivos gratuitamente na internet? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: