Um estudo realizado pela Universidade de Minnesota e Wellesley College revelou que um dos motivos pelos quais a pirataria online continua firme e forte é o tempo que os filmes norte-americanos demoram para chegar aos cinemas do mundo todo.

A pesquisa avaliou a pirataria online a partir do surgimento do Bit Torrent, em 2003. O que os pesquisadores concluíram foi que a demora dos filmes para chegar aos cinemas, mais do que o compartilhamento P2P, seria o motivo de que tantos prefiram baixar os filmes a ir ao estabelecimento.

Quem perde mais com isso?

“Não observamos nenhuma perda nos lucros da indústria cinematográfica nos Estados Unidos depois do lançamento do Bit Torrent, então acreditamos que a demora na disponibilidade dos conteúdos no exterior pode ter gerado perdas devido à pirataria”, afirmam os pesquisadores. O estudo concluiu também que a redução nos lucros no exterior devido à pirataria pode chegar até 7%.

Os pesquisadores apontaram três fatores que impedem que o conteúdo seja lançado simultaneamente em todo o mundo: primeiro, nem todas as salas dispõem de tecnologia digital para facilitar e acelerar a distribuição do conteúdo; segundo, existem muito mais cinemas nos Estados Unidos do que no resto do mundo, portanto, muitas pessoas simplesmente não têm acesso às salas; e terceiro, uma grande parte da promoção de um filme se baseia na presença dos atores, e eles não podem estar presentes em todos os lugares ao mesmo tempo, obviamente.

Cupons de desconto TecMundo: