O processo sobre as atividades criminosas do Megaupload, que levou ao fechamento do site na semana passada, ainda está só começando. A leitura do laudo do governo norte-americano sobre a página de compartilhamentos revelou alguns dados bastante interessantes, como a relação entre os acusados e o Google.

De acordo com o Arstechnica, um dos parágrafos do texto fala que a empresa de Mountain View cortou o pagamento referente aos anúncios publicitários (AdSense) do Megaupload ainda em 2007, quando o Google analisou a página e descobriu vários conteúdos que “infringiam direitos autorais” – em outras palavras, que incentivavam a pirataria.

Desse modo, o Google pode ficar tranquilo, já que não será acusado de nenhum tipo de suporte ao Megaupload – e outros sites similares, já que a empresa tem lutado nos últimos meses para desvincular seu nome de produtos piratas. O site de compartilhamentos, por outro lado, resolveu criar um sistema próprio de publicidade, gerando até mais lucros do que os obtidos com o serviço antigo.

Cupons de desconto TecMundo: