A Adobe já iniciou os primeiros testes do Photoshop Streaming, que foi anunciado no final de setembro deste ano. O aplicativo funciona da mesma maneira que o editor de imagens comuns, com a diferença de que o software não é instalado diretamente no computador dos usuários, mas roda nas nuvens a partir de um servidor externo. Quando o sistema estiver completo, será possível utilizá-lo a partir do Chrome OS e também do navegador Chrome.

Um dos executivos de engenharia da Google disse à imprensa internacional que o serviço será testado por diversos usuários selecionados pelo período de seis meses. Ele já está 90% pronto, mas ainda precisa de alguns ajustes para que uma série de limitações atuais seja retirada — o que inclui a obrigatoriedade da utilização de arquivos que estejam armazenados nos servidores do Google Drive.

Também é preciso dizer que apesar de a interface de utilização do Photoshop estar presente de maneira integral, não é possível trabalhar com nada que envolva projetos tridimensionais no momento. Isso acontece porque os servidores da Adobe ainda não utilizam processadores gráficos que permitam tal ação. Por fim, o processo de impressão também não é pode ser feito diretamente pela web.

Cupons de desconto TecMundo: