(Fonte da imagem: Reprodução/moderskeppet)

Você acha que sabe tudo sobre edição de imagens, falsificação e Photoshop? Pois bem, fizemos este artigo para testar seus conhecimentos no assunto. Aqui, você vai encontrar uma série de imagens que podem ser falsas ou verdadeiras e você vai descobrir se entende muito do assunto ou se uma boa edição ou imagens muito extraordinárias são capazes de enganar você.

1 - Oprah, a modelo

(Fonte da imagem: Reprodução/radiolab)

FALSO

Quem vai desconfiar de uma imagem na capa de uma revista? Bom, hoje talvez seja muito mais fácil imaginarmos que a imagens publicadas em alguns veículos impressos sejam manipuladas, mas na década de 80 era muito mais difícil identificar fraudes, já que a manipulação não era algo tão acessível.

A foto de Oprah Winfrey na capa do TV Guide enganou os norte-americanos por muitas décadas, mas a história por trás disso veio à tona há pouco tempo. Na verdade, o corpo escultural que a apresentadora mostra na fotografia não passa de uma sobreposição de imagens.

(Fonte da imagem: Reprodução/radiolab)

O corpo usado na composição era da atriz Ann-Margret, em imagem de 1979. A foto, que antes era preta e branca, ganhou cores. A pele da atriz ganhou tons mais próximos aos da apresentadora e voilá! Uma fraude quase perfeita.

Com o enorme sucesso da apresentadora na época, era muito difícil que alguém questionasse a veracidade da capa – mesmo que a cabeça de Oprah esteja um pouco desproporcional em relação ao corpo.

(Fonte da imagem: Reprodução/Fourandsix)

Mas não pense que isso é alguma "bizarrice" exclusiva dos anos 80. Em 2005, Martha Stewart foi capa da revista Newsweek, no entanto seu corpo também foi trocado pelo de uma modelo.

2 - Cachorro-maromba

(Fonte da imagem: Reprodução/Cracked)

VERDADEIRO

Não, essa imagem não é fruto de uma mente criativa com muita habilidade no Photoshop. Sim, esse é o cachorro dos sonhos de qualquer marombeiro. A cachorrinha atende pelo nome de Wendy e tem uma desordem genética que causa um crescimento muscular desproporcional.

3 - Letras flutuantes

(Fonte da imagem: Reprodução/Cracked)

VERDADEIRO

O que mais parece uma brincadeira feita com algum programa de edição é, na verdade, uma incrível pintura em um estacionamento. O artista, especializado em pinturas 3D, criou uma série inteira de sinalizações alternativas para garagens.

(Fonte da imagem: Reprodução/Cracked)

4 - George Bush preso?

(Fonte da imagem: Reprodução/Photodoto)

FALSO

Muita gente acreditou na piadinha, mas George Bush jamais foi preso (ao menos, essa informação jamais foi oficializada). A imagem acima é, na verdade, uma montagem feita por Lora Ligorano e Marshall Reese como parte de uma série artística em protesto contra a guerra do Iraque.

5 - O retrato de Lincoln

(Fonte da imagem: Reprodução/The Chive)

FALSO

Já que o assunto são presidentes americanos, que tal partirmos para mais uma farsa? No entanto, agora mais grave. Você já deve conhecer a imagem acima de livros escolares, no entanto, o que você mal podia imaginar é que a fotografia é, na verdade, uma montagem da cabeça de Abraham Lincoln com o corpo do político e filosofo John Calhoun.

(Fonte da imagem: Reprodução/Sam Taylor)

6 - O Caranguejo surreal

(Fonte da imagem: Reprodução/Cracked)

VERDADEIRO

Sim! Essa imagem é verdadeira. Por mais incrível que possa parecer, este é um Coconut Crab (ou caranguejo-dos-coqueiros em português), considerado como o maior caranguejo do mundo. Ele é um animal terrestre e pode ser encontrado em diversas ilhas tropicais dos oceanos Índico e Pacífico.

Embora eles sejam assustadores, não há motivos para se preocupar: eles se alimentam basicamente de sementes e frutos carnosos. Em alguns lugares, ele é também chamado de caranguejo-ladrão-de-cocos, pois ele é forte o bastante para carregar um coco inteiro sem precisar de ajuda. Agora, nos resta esperar que eles nunca se voltem contra os humanos.

7 - O devastador furacão Sandy

(Fonte da imagem: Reprodução/Cracked)

FALSO

Não há dúvidas de que Sandy foi um perigoso furacão, porém uma das imagens mais famosas atribuídas ao fato não passa de uma montagem. Isso mesmo! A imagem que mostra a Estátua da Liberdade com a aproximação da tempestade e que circulou pelo Facebook, caixas de email e alguns veículos de comunicação desavisados é, na verdade, um belo truque de Photoshop.

8 - Mesa gigante

 

(Fonte da imagem: Reprodução/Cracked)

VERDADEIRO

É muito provável que você tenha acreditado que a imagem acima não passa de uma montagem, afinal quem acreditaria na imagem de um conjunto de mesa e cadeira gigantesco, com espaço de sobra para um cliclista passear por ela – ou em um ciclista pequeno o bastante para ser esmagado por qualquer pessoa?

(Fonte da imagem: Reprodução/RoamingTales)

Na verdade, o que parece uma brincadeira feita no Photoshop é uma instalação de arte. A escultura gigante fica na Inglaterra e representa a solidão da escrita. Na imagem acima, é possível conferir a obra de outro ângulo, com mais referências de seu tamanho.

9 - O pequeno urso-polar

(Fonte da imagem: Reprodução/Etsy)

FALSO

O brilho no olhar, as pequenas patinhas e o pelo macio podem fazer você morrer de fofura, mas é melhor se acalmar antes de correr procurando um filhote de urso-polar pra chamar de seu.

A imagem que está sendo amplamente difundida na web foi sim inspirada em um urso-polar real, porém ele é um bichinho de pelúcia minúsculo que você pode encontrar no Etsy por cerca de R$ 60.

10 - Um pouso tranquilo

(Fonte da imagem: Reprodução/TradeClube)

VERDADEIRO

É difícil de acreditar, mas essas pessoas estão sim totalmente tranquilas enquanto observam o pouso de um avião gigantesco a poucos metros. Isso acontece no famosíssimo aeroporto de St. Maarten, uma das ilhas localizadas a leste de Porto Rico.

O início da pista fica a apenas 12 metros da praia e tudo o que separa ambos os ambientes é uma pequena estrada. É comum que as pessoas se agarrem às grades do local para experimentarem a passagem dos aviões de perto, sem sair voando pelos ares com o deslocamento de ar causado no momento do pouso. Se as fotografias já são assustadoras, os vídeos podem deixar você atordoado. E aí, você toparia encarar a aventura?

11 - A máquina para serrar o mundo ao meio

(Fonte da imagem: Reprodução/ReadingShouts)

VERDADEIRO

Ao olhar essa foto você pode imaginar uma boa montagem no Photoshop: a sensação é a de ver uma máquina real recortada e colada sobre a fotografia de uma estrada. Porém, sua surpresa pode ser grande se descobrir que a máquina é verdadeira.

(Fonte da imagem: Reprodução/ReadingShouts)

O equipamento de escavação construído por uma empresa alemã dá a sensação de ser capaz de cortar o Empire State ao meio, mas, na verdade, segundo os engenheiros o máximo que ela aguenta é “apenas” cortar em duas partes uma casa grande.

12 - O turista do 11 de Setembro

(Fonte da imagem: Reprodução/Wikipedia)

FALSO

Essa foi fácil, não? A clássica imagem conhecida como "Tourist Guy" (que já virou lenda urbana, meme e alvo de montagens divertidas) já rodou o mundo e hoje quase todos sabem que ela é uma manipulação – que para a tecnologia atual pode até ser considerada grosseira. No entanto, em 2001, quando esse hoax foi lançado na rede, muita gente compartilhou a fotografia, espalhando nas caixas de emails de amigos a informação de que o turista havia feito a imagem no momento exato dos ataques de 11 de Setembro.

Imagens originais que deram vida ao clássico (Fonte da imagem: Reprodução/Septterror e Airliners)

Segundo a história contada na corrente, embora o turista não tenha sobrevivido, o FBI havia encontrado sua câmera com a imagem preservada, o que ajudaria muito nas investigações. Na realidade, o homem da imagem é um turista húngaro, que havia feito a foto original em uma visita a Nova York em 1997.

(Fonte da imagem: Reprodução/Photodoto)

Após os atentados terroristas, ele resolveu fazer uma brincadeira para mostrar aos amigos e criou a sobreposição de imagens vista aqui. A brincadeira virou um boato e perdeu o controle. A imagem acabou tomando o mundo, mas alguns especialistas perceberam erros.

O que denuncia a montagem? O primeiro problema é o modelo do avião: na imagem foi usado um Boeing 757, enquanto os que atingiram as torres eram do modelo 767 da Boeing. A segunda coisa estranha na imagem é a roupa do turista: no dia dos ataques, o clima era bastante quente em Nova York, o que não justificaria as roupas de inverno.

(Fonte da imagem: Reprodução/FreeRepublic)

Além de tudo, o observatório aberto a visitantes ficava localizado na Torre Sul, e o primeiro prédio a ser atingido pelos aviões foi a Torre Norte. Dificilmente alguém estaria fazendo fotos no local com tanta tranquilidade caso estivesse vendo o prédio vizinho em chamas após ser atingido por um avião.

Bônus