Você já se acostumou a acompanhar aqui no portal Baixaki a análise de diversos produtos eletroeletrônicos e de informática. Durante o ano de 2009 avaliamos celulares, computadores, notebooks, players de Blu-ray, televisores e diversos outros produtos.

Assim, dando continuidade à nossa série de análises, desta vez trazemos para você em detalhes a avaliação de um dos modelos de TV mais conhecidos da Philips: trata-se do 32PFL5604, um aparelho de 32 polegadas com resolução de imagem Full HD. A exemplo do que fizemos com a TV LCD AOC 32D32W831, contemplamos itens perceptíveis diretamente pelo usuário – como aspectos de áudio e vídeo – e também informações complementares como o design de construção, relação custo / benefício e os dados constantes no manual de instruções.

Aliás, por falar em manual de instruções, antes de conferir a análise vale dar uma olhada nas especificações técnicas deste modelo no quadro abaixo. Infelizmente nem todas elas constam no manual e foi preciso recorrer ao site oficial do fabricante e a lojas na internet para checar e descobrir a resposta para algumas perguntas.

Visual do modelo PFL5604

Especificações

Modelo: 32PFL5604.
Produtor: Philips.
Faixa de preço: entre R$ 2000,00 e R$ 2400,00.


Tela e vídeo

Tecnologia: TV LCD Widescreen Multimídia.
Tamanho: 32” (medida diagonal de 81 cm).
Ângulo de visão: 178 graus.
Dimensões (com base): 81 cm (largura) x 51,9 cm (altura) x 9,5 cm (profundidade).
Peso aproximado: 10,5 kg.
Resolução: 1920 x 1080p (Full HD).
Contraste: 50.000:1.
Brilho: 500 cd/m2.
Frequência: 60Hz.
Tempo de resposta: 8ms.
Conversor digital: não.
Recursos adicionais: 3P Pixel Plus (tecnologia de processamento para mais detalhes, profundidade e nitidez); Active Control (sensor de luminosidade que melhora imagem de acordo com o ambiente); Dynamic Bass Enhancement (reforço dinâmico de graves).

Não há orientação no manual quanto à distância mínima recomendada, porém em caso de TVs de 32” a distância mínima sugerida é de 2.44m do aparelho.


Conectores

HDMI: 3 (1 lateral).
DVI: sim.
Vídeo composto: sim.
Áudio composto: sim.
Vídeo componente: sim.
Áudio componente: sim.
PC/VGA: sim (lateral).
S-Vídeo: sim (lateral).
USB: sim (lateral).
Cabo / Antena: sim.
Wireless / Bluetooth / Rede: não.
Fone de ouvido: sim (lateral).

Design

Uma das principais características da Philips, além da sua reconhecida qualidade, é o bonito design dos seus produtos. Atualmente a empresa trabalha com a linha “sense and simplicity” – razão e simplicidade, numa tradução direta – e esta é sua proposta nos aparelhos que apresenta: simplicidade para o usuário e um bom número de recursos no desempenho do produto.

No caso das TVs de LCD, toda a sua linha PFL segue um padrão de design – desde os modelos com menor resolução e tamanho até os produtos maiores e com mais recursos. Este produto, em especial, está disponível apenas na cor preta. Os cantos são arredondados com uma espécie de sobrecapa plástica recobrindo as bordas, o que ressalta o aspecto de moldura e garante uma maior proteção ao aparelho.

 

Design do produto

Pesando pouco mais de dez quilos e com menos de dez centímetros de profundidade, pode-se dizer que, dentro de sua categoria, o aparelho consegue aliar leveza e compactação nesse sentido. A base é móvel e fixada com quatro parafusos para maior segurança e, sobre ela, o aparelho gira cerca de 45 graus para cada um dos lados com bastante suavidade. Há ainda opção de retirada da base para utilização da TV com suporte de parede, que é vendido separadamente. A montagem está claramente ilustrada num guia rápido de consulta que acompanha o produto.

As duas caixas acústicas são invisíveis ao espectador. Elas estão localizadas na parte de baixo do aparelho para não quebrar a estética do produto. O posicionamento não é o ideal, no entanto o sistema de som Incredible Surround compensa esse quesito, proporcionando maior profundidade e amplitude ao som.

 

Design do produto

O painel simplificado de controle encontra-se na lateral direita do aparelho. São apenas seis botões que dão acesso a algumas das principais funções da TV: controle de volume (1 e 2); source - fonte de origem da imagem (3); controle de canais (4 e 5); e power – ligar e desligar (6).

Já na lateral esquerda estão disponíveis cinco entradas de conexão rápida: USB (1), HDMI (2), S-Vídeo (3), Áudio e Vídeo Composto (4, 5 e 6) e Fone de Ouvido (7).

 

Painel do lado esquerdo          Menu do lado direito

Os demais conectores estão localizados na parte traseira do aparelho. São eles: duas entradas HDMI (1 e 2); duas entradas CVI – Componente (3 e 4); entrada de Áudio e Vídeo Composto (5); saída de Áudio e Vídeo Composto (6); entrada VGA-PC (7); entrada PC Áudio (8); entrada Antena (9). Todas as conexões traseiras e laterais estão identificadas com seus respectivos nomes, facilitando a vida do usuário.

 

Painel traseiro

Com um menu reduzido na lateral do aparelho e um grande número de funções possíveis de serem executadas, seria natural que o controle remoto do produto não fosse dos menores. No total são 37 botões que permitem acesso total e irrestrito a todas as funções de configuração do aparelho. A resposta aos comandos do controle é rápida e tudo funciona dentro da normalidade que se espera nesse quesito.

Opções complementares
Em termos de conexão e aspectos visuais, a conclusão a que podemos chegar é que a filosofia da empresa é seguida à risca. Todos os aspectos externos são extremamente funcionais e bem posicionados. Aliado a isso, o produto conta com um design elegante e agradável, o que causa uma boa primeira impressão no consumidor.

No entanto o que dizer das funções internas e complementares ao produto? Listamos aqui os principais itens de destaque do produto bem como os seus diferenciais e a maneira como esses aspectos colaboram com o espectador.

Como dissemos anteriormente, todas as funções podem ser acessadas a partir do controle remoto. A maioria delas está agrupada sob a forma de menus OSD (On Screen Display) – exibidos na tela. Esse agrupamento permite, por exemplo, que você crie uma pré-configuração específica e deixe esse perfil salvo para poder ser acessado a qualquer momento.

 

Acesso a todas as funções a partir do controle remoto

Embora esteticamente não sejam tão bonitos e, de certa forma, destoem do visual moderno desta linha de aparelhos, os menus podem ser configurados em língua portuguesa e são intuitivos, bem organizados e objetivos.

Conheça as funções disponibilizadas:

Smart Picture – trata-se de um modo inteligente para aplicar pré-configurações de imagem de acordo com a programação que está sendo exibida. São seis modos disponíveis: padrão (equilibrado); pessoal (configurado à sua maneira); esportes (maximiza aspectos de frequência para imagens em rápido movimento); filme (atua no contraste e no brilho exibindo imagens mais próximas ao formato cinema); video game (similar ao modo esporte, mas com destaque para o contraste de cores); e economia de energia (atenua a luminosidade da tela);

Lista de canais favoritos – é possível agrupar os seus canais favoritos em menus específicos de acesso rápido;

Temporizadores – como o aparelho conta com relógio, é possível fazer a programação para entrar em modo stand by após um determinado período de tempo ou mesmo para ser ligado em determinado horário;

Controle parental – neste modo é possível impedir que crianças tenham acesso a programações que não sejam condizentes com sua faixa etária. Assim, por meio de uma senha, é possível bloquear canais e, até mesmo, funções específicas;

Modo SceneA – nesse modo é possível escolher uma fotografia para ser exibida como papel de parede em momentos de ociosidade do televisor. As imagens podem ser definidas a partir de um dispositivo USB;

Função SAP – possibilita a reprodução da linguagem original de um programa, sem dublagem, quando a emissora disponibilizar essas informações;

Closed Caption – exibe ou oculta as legendas de um determinado programa quando a emissora disponibilizar essa informação. São oito modos de visualização de texto;

USB (multimídia) – os recursos de multimídia permitem a execução de arquivos a partir de um dispositivo USB. São reproduzidos os formatos MP3, MP4, RM, RMVB, AVI e JPEG. Ou seja, é possível assistir a vídeos ou ouvir música sem precisar de nenhum player complementar;

Atualização de software - após adquirir o produto, registro-o no site oficial da Philips para receber via email comunicados sobre possíveis atualizações no software. Caso elas estejam disponíveis, baixe-as, salve em um dispositivo USB e execute-as no próprio televisor.

Qualidade e desempenho de imagem

O menu de vídeo apresenta diversas opções em configuração de imagem. De uma forma geral, pode-se dizer que nesse quesito o aparelho é bem completo e dispõe de opções suficientes de personalização para se adapatar ao perfil dos mais diversos usuários. Confira quais são as opções:

Configurações de imagem – é possível ajustar itens como brilho, cor, matiz, nitidez, redução de ruídos (filtro), contraste, luminosidade, reforço de cores, formato de tela, sensibilidade de luz (ambiente). O aparelho conta ainda com a função Pixel Plus HD que ajusta cada pixel de maneira que ele corresponda ao pixel vizinho, proporcionando maior definição de imagem;

Formato de tela – são sete os formatos de exibição possíveis no aparelho: nativo; super zoom (remove barras pretas laterais); 4:3 (modo clássico de TV); zoom legenda (corta parte do alto da imagem para exibir em tela cheia); zoom 14:9; zoom 16:9; e widescreen.

Detalhe de imagem a partir de um DVD

Com resolução de imagem de 1920x1080p (Full HD) e tempo de resposta de 8 ms, a qualidade de imagem deste modelo é inegável. No entanto, dependendo do perfil do usuário e das funções utilizadas, raramente será possível aproveitar os recursos no limite máximo.

Se você pretende comprar um aparelho como esse para, predominantemente, assistir a programação de televisão aberta ou TV a cabo, nem de longe utilizará a resolução máxima do aparelho, pelo contrário. Não há essa informação no manual do produto, mas é recomendado ficar a uma distância mínima de dois metros do aparelho. Numa distância inferior a essa a granulação da imagem (pixelização) é bastante perceptível, em especial com imagens de emissoras de TV e DVDs.

Da mesma forma, se o player de DVD ou vídeos baixados da web e executados via dispositivo USB tomarão conta da maior parte da sua programação, é recomendável respeitar essa distância mínima. A pixelização, neste caso, é atenuada, mas somente a partir dessa distância.

Por outro lado se o mundo da alta resolução é a sua aposta, sinta-se a vontade para utilizar a TV juntamente com seu player de Blu-ray ou Playstation 3. Mesmo em uma distância inferior, a granulação dos quadros é pouco perceptível. Com contraste de cores de 50.000:1, a nitidez de imagem, nesses casos, é excelente. Um único porém dela fica por conta do seu tempo de resposta que, embora esteja dentro da média para sua categoria, ainda apresenta algumas pequenas falhas que usuários mais detalhistas perceberão.

Detalhe de imagem a partir de um DVD

Outro ponto forte do aparelho é o equilíbrio de cores quando submetido à prova de angulação. Segundo o fabricante ela é de 178 graus. Mesmo estando próximo das extremidades do campo de visão, há pouca perda de qualidade na visualização do usuário. A atenuação acontece a partir de, aproximadamente, 90 graus do centro e, após esse limiar não há novas variações. A distorção é percebida por meio de um clareamento nas cores (diminuição da percepção de intensidade de brilho).

Outro aspecto que avaliamos em nossa análise foi a posterização, ou seja, o constraste dos tons escuros que visa não deixar manchas ou sombras perceptíveis na tela. Nesse quesito ela se saiu muito bem não demonstrando nenhum tipo de problema.

Áudio

Embora não possa ser considerado ruim, o áudio da PFL5604 é o quesito em que o aparelho mais deixa a desejar. A causa disso não é uma exclusividade desse modelo, mas sim de praticamente todas as TVs Full HD da categoria.

Como sua proposta não é a de que o usuário utilize-a, predominantemente, com a programação do dia a dia da TV aberta ou mesmo com o aparelho de DVD, da mesma forma imagina-se que o consumidor que tem acesso à alta definição de imagem terá também a alta definição de som. No entanto, o som da PFL5604 é apenas funcional e o recomendado é ter o complemento de um home theater de ao menos 5.1 canais para poder desfrutar ao máximo o potencial do aparelho.

 

Menu rápido de acesso e configuração

Este modelo da Philips conta com duas caixas de som “invisíveis” de 10W cada. O termo "invisível" é aplicado porque sua localização é logo abaixo do aparelho, não sendo perceptível ao usuário. Para compensar o posicionamento que não é o ideal há uma sistema de som conhecido como Incredible Surround, aumentando a profundidade e a amplitude. Além disso, o usuário conta com Dynamic Bass Enhancement, um reforço dinâmico de sons graves ideal para o modo cinema.

Em nossos testes, com o som na potência máxima, percebemos alguns ruídos em especial nos sons mais agudos. Eles são perceptíveis apenas a partir de 90% do volume o que, convenhamos, dificilmente é uma configuração aplicada em uso doméstico.

O aparelho conta com algumas funções de configuração de som encontradas no menu Smart Sound. Nele é possível personalizar graves, agudos, volume, balanço, som surround, nivelação de volume em troca de canais e ajuste do volume dos fones de ouvido. Um ponto negativo: durante qualquer exibição ao aumentar ou diminuir o volume o display aparece no centro da tela de forma nada discreta.

Consumo de energia

Não há informações no manual de instruções quanto ao consumo de energia do aparelho em modo normal, apenas em stand by (menor que 0,15W). No entanto, pesquisando em sites de outras lojas virtuais encontramos um valor de consumo de 148W para o produto em funcionamento.

Visual de um dos menus: acesso a todas as funções

Embora esse seja um ponto negativo, já que esse tipo de informação sem dúvida é importante para o usuário, o produto se salva da reprovação no quesito por apresentar o selo do PROCEL com avaliação “A” em relação ao consumo de energia em stand by. Segundo o INMETRO o aparelho se utiliza de 0,08 KW/mês em um período de 30 dias.

Vale ressaltar que, quando em funcionamento, o produto disponibiliza um modo de economia de energia, que diminui a emissão de luz – sem que a imagem seja impactada de forma tão significativa. Há também um modo de regulagem de luminosidade de acordo com o ambiente, o que ajuda na diminuição do consumo desnecessário durante o dia ou em ambientes muito claros.

Conclusão

Com muito mais pontos positivos do que negativos, a TV Philips LCD 32PFL5604 configura-se numa excelente opção para usuários mais exigentes e que pretendem desfrutar na maior parte do tempo das possibilidades de alta definição que o aparelho proporciona.

Se o perfil da sua programação está mais voltado para a TV aberta ou mesmo para o aparelho de DVD o modelo também é uma boa opção, mas não é o mais indicado. A maior prova disso é o fato de ele não possuir conversor digital integrado, por exemplo. Assim, existem diversos outros aparelhos, mais baratos e com menos recursos, que são capazes de suprir perfeitamente as necessidades desse perfil de consumidor.

Por outro lado, se você já tem ou planeja investir em um Blu-ray ou mesmo ocupa o televisor com um Playstation 3, encontra neste modelo de 32 polegadas da Philips uma opção ideal de consumo, atendendo todas as necessidades com uma relação custo benefício satisfatória.

Um ponto negativo fica por conta dos aspectos sonoros que, embora bons, não se configuram os ideais para utilização do potencial máximo do aparelho. Recomendamos, nesse acaso, a complementação com um home theater de 5.1 canais para que, daí sim, você possa usufruir de todos os benefícios possíveis do produto.

O que você achou da análise deste aparelho? Participe deixando a sua opinião nos comentários. E fique ligado no portal Baixaki que em breve traremos novas análises para você. 

Cupons de desconto TecMundo: