A Philips anunciou os resultados de estudo que demonstra algo interessante: a saturação de oxigênio do sangue arterial (SpO2), que é um sinal vital monitorado em hospitais, pode ser precisamente medido entre vários pacientes por meio de uma tecnologia a distância.

O sistema, que é baseado em uma câmera proprietária, é capaz de checar mudanças na cor da pele de bebês, por exemplo, além de medir batimentos cardíacos, respiração e oxigenação. Segundo Carla Kriwet, CEO da Philips Patient Care, "As soluções de monitoramento remoto vão oferecer aos médicos uma maneira de checar precisamente os sinais vitais de pacientes de uma forma não invasiva e fornecer todos os dados necessários para saber quando intervir".

"Monitorar os sinais vitais é crucial em todos os ambientes de cuidados, porém, para pacientes com condições específicas, gerenciar o cuidado de uma maneira menos invasiva é crítica para evitar distúrbios desnecessários", comentou Kriwet.

Philips comentou que teve sucesso em testes realizados com 41 pessoas saudáveis. A ideia é levar o sistema para os hospitais e ajudar em tratamentos mais delicados. No vídeo abaixo, você entende melhor como isso funciona.

Cupons de desconto TecMundo: