Não é mais novidade dizer que a venda de computadores pessoais está passando por momentos difíceis no mundo praticamente inteiro. Muitos atribuem a culpa aos tablets, mas a TNS Infratest resolveu comparar os PCs com os smartphones para ter uma ideia de como a indústria de eletrônicos está se saindo.

Mais especificamente, a pesquisa global avaliou a quantidade de uso desses aparelhos e não os números de venda. Isso já pode ser considerado um avanço nessa avaliação, uma vez que praticamente todos os levantamentos publicados em escala global até agora foram feitos levando em conta apenas os números da indústria e do comércio.

Sendo assim, o gráfico que você confere compara o crescimento do uso de computadores pessoais com o de smartphones. Portanto, se ambos os números crescessem de forma igual, você veria uma linha reta na vertical. Note que isso raramente acontece e, quando existe uma curva muito acentuada para a esquerda, quer dizer que o uso de smartphones superou o de PCs em crescimento. Uma curva para o outro lado representa exatamente o contrário.

O que mais chama atenção nesses dados são os números da Índia, que parece apresentar uma queda vertiginosa no uso de PCs. Pode parecer até um problema de contagem ou erro no processamento de dados, mas os números do comércio também mostram uma queda bem acentuada nas vendas.

Isso não é completamente impossível de acreditar, apesar de muito radical. Quando se usa pouco um aparelho eletrônico, a pessoa sente menos necessidade de trocá-lo por um novo. A diminuição do ritmo da venda dos tablets é atribuída também a essa dinâmica, uma vez que eles duram mais tempo em nossas mãos pelo fato de usarmos mais nossos smartphones do que os tablets. Os PCs, portanto, enfrentam essa situação e não parecem resistir muito bem.

Os dados de uso foram colhidos através do rastreamento de aparelhos na internet. Assim, quanto mais dispositivos navegando constantemente em determinado país, mais seus números serão expressivos. Isso também pode gerar discrepâncias como os números indianos, uma vez que áreas mais carentes podem ter vários PCs que são bastante utilizados, mas que não se conectam com tanta frequência à internet.

Cupons de desconto TecMundo: