A educação em tecnologia é o tema considerado mais importante para o sucesso profissional pelos integrantes da “Geração Y”, também conhecidos como “millennials”, jovens adultos entre 18 e 33 anos de idade. É o que apontam os resultados de uma pesquisa realizada pela Telefonica com 12.171 dos membros do grupo espalhados pelo mundo (sendo 1.028 deles brasileiros).

As descobertas foram apresentadas durante o evento FT-Telefónica Millennials Summit: The Interactive Generation, realizado pela empresa de telecomunicações em parceria com o jornal Financial Times no dia 6 de junho em São Paulo.

Para os integrantes da “Geração Y”, o acesso e a melhoria da educação são os pontos mais importantes para mudar o mundo. Ultrapassando temas como economia, matemática, literatura e línguas estrangeiras, entre outros, os entrevistados escolheram o estudo de tecnologia como essencial para garantir sucesso no futuro, com 36% dos votos.

Os benefícios do avanço

Segundo o estudo, 87% dos “millennials” acreditam que os avanços tecnológicos facilitaram a superação de barreiras como as diferenças de linguagem. “A tradução se tornou algo tão fácil que, se alguém escreve algo em outra língua, tudo o que uma pessoa que não fale aquele idioma tem que fazer é clicar em ‘traduzir’, e o texto passa para outra língua”, ressaltou Alec Ross, ex-conselheiro sênior de inovação da secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton.

Embora o desemprego entre jovens adultos nunca tenha estado tão alto, 83% dos entrevistados acreditam que a tecnologia facilitou o acesso a novas ofertas de trabalho. Além disso, 69% deles afirmam que as inovações na área criam mais oportunidades para todos, e não apenas para grupos seletos.

Ainda assim, a maior parte do grupo (62%) contraditoriamente crê que os avanços técnicos aumentaram a distância entre ricos e pobres, principalmente por conta da dificuldade de acesso dos menos abastados às novas tecnologias.

Cupons de desconto TecMundo: