(Fonte da imagem: Reprodução/Erin Treacy Solovey)

Segundo o site ExtremeTech, um grupo de pesquisadores do Massachusetts Institute of Technology (MIT), da Indiana University e da Tufts University, liderado por Erin Treacy Solovey, um sistema capaz de detectar quando o seu cérebro humano está sobrecarregado de atividades.

Batizado de Brainput, a tecnologia combina espectrocospia infravermelha com um sistema projetado para ler as mudanças dos pulsos cerebrais, traduzindo esses sinais em uma interface multitarefa adaptável. Em suma, ele mede a atividade do seu cérebro e, quando percebida uma sobrecarga, aciona o software para ajudá-lo em suas tarefas.

Durante os testes feitos com esse mecanismo, uma pessoa foi colocada para controlar remotamente dois robôs que seguiam por dois labirintos distintos. Quando o Brainput identificou um excesso nas atividades cerebrais do operador, ele entrou em ação e assumiu a condução de um dos veículos.

A tecnologia pode ser muito útil para profissões de grande estresse, como controladores de tráfego aéreo. Embora seja um dispositivo empolgante, o sistema ainda precisa percorrer um longo caminho de avaliações e melhorias até ser disponibilizado para a sociedade. Clique aqui para acessar o documento da pesquisa.

Fonte: ExtremeTech, página de Erin Treacy Solovey

Cupons de desconto TecMundo: