Teorias da conspiração sempre fizeram parte do cotidiano das pessoas. Desconfiança e paranoia, aliadas a um sentimento de que as autoridades estão sempre escondendo alguma coisa, fazem com que muitas vezes acreditemos em teorias infundadas e sem o menor sentido, tudo em nome de nossa tranquilidade pessoal.

Isso é o que defende um estudo publicado no Social Psychological and Personality Science. Segundo o artigo, pessoas que endossam teorias da conspiração tendem a ver as autoridades como fundamentalmente enganosas.

Para colocar isso à prova os pesquisadores conduziram um estudo com 137 pessoas e a descoberta foi que qualquer teoria que se oponha à narrativa oficial, por mais desconexa que seja, vai ganhar endosso por parte daqueles que têm uma visão de mundo conspiracionista.

O caso utilizado como exemplo foi o da morte da princesa Diana. Quanto mais pessoas acreditavam que tudo não passou de uma campanha oficial do serviço de inteligência para assassinar a princesa, mais teorias surgiram e ganharam novos adeptos.

Para os teóricos das conspirações, qualquer explicação oficial está em desvantagem, ainda que ela seja verdadeira e não existam argumentos para refutá-la. Segundo o estudo, o fato de acreditar em uma versão alternativa da história pressupõe, ao menos a quem pensa assim, um domínio sobre as autoridades, aumentando a sensação de segurança e controle.

Cupons de desconto TecMundo: