Todo mundo já viu posts no Facebook ou no Instagram que falam sobre academias, levantamento de peso, batate doce, #biiirrll, maromba, treinamento pesado, ficar grande, cheio de hashtags como "#diet #almoçofit #nopainnogain #work #fitness"....

De acordo com alguns cientistas, isso pode ser um péssimo sinal. Pelo menos é o que diz o estudo publicado por pesquisadores da Universidade de Brunel (Inglaterra). Segundo uma publicação realizada no ScienceDaily, o volume de posts desse tipo está ligado diretamente à presença de problemas psicológicos.

O problema iria desde tendências narcisistas até necessidade de atenção e problemas mais sérios de autoestima. Isso seria similar ao que vemos em outros estudos sobre selfies, mas com diferenças significativas por causa da constante busca pelo corpo perfeito — e possível frustração decorrente disso.

O estudo

A professora-doutora Tara Marshall (líder da pesquisa) falou à publicação: "Pode ser uma grande surpresa que os status de Facebook reflitam traços de personalidade das pessoas. Porém, de toda forma, é importante entender por que as pessoas escrevem suas atualizações sobre alguns assuntos por causa do desejo de recompensas com likes e comentários."

#pesadão #pancada #porrada #ficagrande

Ela também fala sobre as consequências disso para os usuários de redes sociais: "Pessoas que recebem mais likes e comentários tendem a experimentar os benefícios da inclusão social. Ao mesmo tempo, quem não recebe nada pode se sentir excluído."

Pessoas que recebem mais likes e comentários tendem a experimentar os benefícios da inclusão social

Agora, o time de Marshall vai estudar como tudo isso é interpretado pelos outros — incluindo a probabilidade de conseguir mais amigos ou perdê-los por causa dos conteúdos postados. Qual é a sua opinião em relação a isso?

Cupons de desconto TecMundo: