Marvin Minsky, criador da primeira rede neural, falece aos 88 anos

1 min de leitura
Imagem de: Marvin Minsky, criador da primeira rede neural, falece aos 88 anos
Avatar do autor

Marvin Minsky faleceu no último domingo (24), vítima de uma hemorragia cerebral. Nascido em Nova York, ele tinha 88 anos e dedicou a maior parte de sua vida à ciência, sendo um dos pioneiros no estudo de inteligência artificial e criou a primeira máquina de rede neural por cabeamento aleatório em 1951.

Seus estudos serviram de base para os sistemas de companhias globais atuais, como Facebook, Google e Microsoft. Em 1959, ele e John McCarthy – criador da linguagem de programação LISP e autor do termo “inteligência artificial” – fundaram juntos o Projeto Inteligência Artificial do MIT, e Minsky serviu como codiretor do Laboratório de I. A. da instituição entre 1959 e 1974.

Em 1963, o pesquisador criou o primeiro display gráfico montado para se acoplar à cabeça do usuário, o que serviu de modelo para os dispositivos de realidade aumentada e virtual atuais como o Oculus Rift, HTC Vive e o HoloLens da Microsoft. Minsky recebeu da Association for Computing Machinery o Prêmio Turing, uma grande honraria, e em 1973 foi eleito para a Academia Nacional de Ciências dos EUA.

Marvin Minsky em um dos laboratórios do MIT em 1968 - Imagem: MIT

Além de todas as suas contribuições para o desenvolvimento da computação e de formas de inteligência artificial, o americano ainda publicou diversos livros. Seus trabalhos eram tão conceituados que ele serviu de consultor técnico para Stanley Kubrick durante a pré-produção do filme 2001: Uma Odisseia no Espaço, uma das maiores obras de ficção científica já realizadas no cinema.

Qual é a sua opinião a respeito do desenvolvimento das inteligências artificiais? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Marvin Minsky, criador da primeira rede neural, falece aos 88 anos