A Google recebeu recentemente a patente de uma tecnologia que deve ser capaz de incrementar bastante as versões futuras do Project Aura — também conhecido como Google Glass. Nos documentos da companhia, ela descreve um display vestível capaz de projetar hologramas nos ambientes em que seu usuário está.

A expectativa é a de que isso permitir a criação de uma experiência de realidade aumentada mais envolvente do que as opções disponíveis atualmente. Entre os diferenciais oferecidos pela organização estaria um campo de visão amplo e a existência de um headset fácil de usar e com dimensões reduzidas.

Como se trata de uma patente, não há a certeza de que a Google realmente vá usar essa tecnologia de forma prática. No entanto, não é possível descartar essa ideia visto o fato de que a empresa continua a trabalhar em iterações do Glass ao mesmo tempo em que investiu muito dinheiro em projetos de realidade aumentada, como a iniciativa misteriosa da Magic Leap.

Questionada sobre o significado da patente pelo site TechCrunch, a empresa se recusou a fazer qualquer comentário aprofundado. “Temos patentes sobre várias ideias — algumas delas amadurecem em produtos reais ou serviços, algumas não. A expectativa de anúncios de produtos não deve necessariamente ser inferida a partir de nossas patentes”, respondeu a organização.

Cupons de desconto TecMundo: