O jornal San Jose Mercury News noticiou ontem que o pedido de revisão feito pela Samsung à Comarca Federal de Apelação dos Estados Unidos foi negado sem comentários por parte do órgão de justiça. O apelo foi feito com a intenção de que houvesse uma reavaliação de parte do montanto que a fabricante coreana foi condenada a pagar à Apple no processo de quebra de patente movido por esta última.

A Samsung tentou argumentar que houve um erro no julgamento conduzido por três juízes federais no começo do ano, e que US$ 400 milhões (cerca de R$ 1,4 bilhão) dos US$ 548 milhões (cerca de R$ 1,9 bilhão) deveriam ser abatidos da sentença. Para isso, pediu em junho que um novo julgamento com todos os 12 juízes da instituição judiciária fosse realizado.

Com a negativa, a única alternativa restante para que a Samsung consiga reverter a sentença é apelar diretamente para a Suprema Corte dos Estados Unidos, maior e mais importante órgão judiciário daquele país. Aparentemente, o documento enviado conjuntamente por Facebook, Google, HP, eBay e outras companhias de tecnologia há algumas semanas acabou não ajudando a companhia coreana a ganhar o favor da justiça.

Cupons de desconto TecMundo: