Parece que os tribunais vão voltar a ser pauta no mundo da tecnologia. Nesta semana, surgiu a informação de que a Ericsson está movendo uma ação contra a Apple, pelo motivo que você já deve estar imaginando: quebra de patentes. De acordo com a companhia sueca, há pelo menos 41 patentes Mobile registradas por ela e que foram infringidas pelos produtos da Apple.

A própria Ericsson revelou ao site Bloomberg que ofereceu o licenciamento legal das patentes para a Apple. Kasim Alfalahi (executivo-chefe da área de propriedade intelectual da empresa) disse: “Nós oferecemos licenças, mas eles negaram. Nós não somos uma companhia que planeja extrair mais valores do que achamos justo.”. As duas companhias sempre tiveram relações próximas, mas em janeiro ocorreu o vencimento de licenças e a Apple não quis mais renová-las.

Do outro lado, a Apple afirma que não renovou as licenças por afirmar que elas não são utilizadas em seus produtos. “A Ericsson procura explorar essas patentes para arrecadar valores das inovações que a Apple faz”, afirmou a Apple em um comunicado oficial. Os executivos norte-americanos ainda afirmaram que as práticas de licenciamento da Ericsson têm sido abusivas — não dando detalhes sobre quais seriam os registros e as práticas.

Agora, as duas terão que se enfrentar nos tribunais da Comissão Internacional do Comércio. A Ericsson tentará provar que a Apple está usando patentes dela de uma forma indevida e a Apple fará de tudo para mostrar o contrário. Quem será que vai sair vencedor nessa batalha? Saberemos isso somente em alguns meses...

Cupons de desconto TecMundo: