A batalha entre Apple e Samsung teve mais uma rodada na tarde de ontem. A juíza Lucy Koh, que já lida com o caso nos EUA há um bom tempo, considerou inadequado pedido da Maçã para impedir a venda de vários aparelhos da coreana em território norte-americano. Não foi revelado quais aparelhos estavam na lista ou quais patentes teriam sido infringidas.

Essa decisão veio como mais um revés para a Apple que, de início, estava tendo resultados bem positivos nessa batalha judicial. Em uma primeira decisão para esse caso, a Samsung foi condenada a pagar mais de US$ 1 bilhão para a Maçã. Mais tarde, a coreana apelou e conseguiu baixar o valor para US$ 119,6 milhões, bem menos que os US$ 2,2 bilhões que Apple tinha pedido inicialmente.

Quer pagar quando?

A multa aplicada ainda não foi nem será paga tão cedo, uma vez que mais uma apelação foi feita para reavaliar o valor, que já foi cortado em quase dez vezes. Mesmo que tivesse que pagar a indenização imediatamente, a Samsung não sofreria grandes perdas como a Apple esperava, uma vez que atualmente o caixa da coreana está em torno de US$ 60 bilhões.

Fora dos EUA, as duas companhias decidiram abandonar todas suas ações judiciais que tinham uma contra a outra. Além da Samsung, a Apple parece estar preparada também para enfrentar a Motorola nos tribunais por conta do Moto Aware, uma funcionalidade misteriosa que ainda nem mesmo foi lançada.

Cupons de desconto TecMundo: