Ampliar (Fonte da imagem: Reprodução/USPTO)

Um documento publicado ontem, dia 11 de março, pelo United States Patent and Trademark Office garante à Samsung uma patente um tanto quanto inusitada. Na publicação, o aparelho é descrito como um celular, mas o seu display possui uma proporção de 21:9 — a qual é mais comum em TVs widescreen.

Devido a tal característica, as primeiras especulações sugerem que a fabricante estaria ao menos pensando em um aparelho focado na reprodução de vídeos, o que implicaria no uso também de uma tecnologia de tela bastante avançada.

As imagens existentes nesse documento passam a sensação de que o gadget é uma espécie de tablet “esticado”, embora seja feita a menção direta ao conceito de um telefone móvel. Infelizmente, a patente não revela mais informações sobre esse possível projeto da companhia sul-coreana.

E é exatamente por isso que a notícia não causou grande frisson, pois possivelmente não passa de uma jogada da Samsung para proteger sua propriedade intelectual, o que não implica obrigatoriamente em um projeto em desenvolvimento — lembrando que nem tudo que é patenteado chega ao mercado.

É válido salientar que essa não é a primeira vez que essa proporção de tela é adotada em um portátil. Em 2009, a LG lançou o celular BL40 New Chocolate, que não acabou tendo um volume de vendas tão alto quanto os demais modelos dessa linha.

Mas e se isso não for uma mera ideia e a Samsung estiver com um projeto de smartphone alongado e focado na visualização de vídeos? Você acha que o conceito é promissor? Você estaria disposto a investir em um gadget do gênero?

Cupons de desconto TecMundo: