A Motorola, recém-adquirida pela Google, acaba de ter uma derrota na justiça. A empresa teve 13 pedidos de patente invalidados a partir de uma decisão do juiz federal James L. Robart. O impasse dizia respeito a alguns codecs de vídeo, cujas patentes haviam sido requeridas pela Motorola.

As linhas de código estariam sendo utilizadas também pela Microsoft, que obteve uma vitória sobre a rival. “A corte acredita que mesmo uma pessoa com habilidades extraordinárias para diferenciar linhas de código teria dificuldades para encontrar algo com a especificação sugerida pela Motorola”, destacou. 

De acordo com o site Foss Patents, a invalidação das solicitações é definitiva. Não haverá nenhum tipo de multa ou pedido de retratação às empresas envolvidas. Litígios como esse envolvendo patentes requeridas têm se tornado cada vez mais comuns entre as grandes empresas.