A Huawei processou a Samsung pela suposta infração de patentes de hardware e software. As ações, que correm nos EUA e na China, requerem compensação pelo uso não autorizado de tecnologias relacionadas à rede 4G, a sistemas operacionais e à interface do usuário. “Esperamos que a Samsung pare de infringir nossas patentes e que passe a solicitar as licenças para a Huawei”, disse Ding Jianxing, presidente do Departamento de Direitos de Propriedade Intelectual da fabricante chinesa.

A “compensação” requerida pela Huawei, no entanto, não parece estar relacionada a um pagamento, mas sim a um tipo de acordo entre as empresas. Segundo a BBC (via 9to5Google), Jianxing pleiteia um intercâmbio de tecnologias, o que possibilitaria o uso das soluções da Samsung pela Huawei. As patentes infringidas pela gigante sul-coreana não foram ainda detalhadas pela fabricante que move o processo.

Até o último dezembro, mais de 50 mil patentes foram registradas pela Huawei. Também em 2015, cerca de 15% da receita anual da empresa (que gira em torno de US$ 9,2 bilhões) foram destinados a produtos de comunicação wireless e ao setor de pesquisa e desenvolvimento. A Samsung ainda responde ao processo, portanto nenhuma condenação foi proferida. Esta é a primeira vez que a Huawei processa a fabricante sul-coreana.

Cupons de desconto TecMundo: