Se você estava apreensivo em comprar um novo tablet porque seus dedos de manteiga são tão desastrados que derrubam qualquer aparelho que chegar às suas mãos, saiba que a Panasonic pode ter achado uma solução para seus problemas. A empresa acaba de anunciar um novo tablet híbrido emborrachado que vem para ser o primeiro do mercado não apenas a vir com Windows 10, como também a ser totalmente separável de seu teclado.

Trata-se do Toughbook 20, o mais novo aparelho da linha de computadores super-resistentes da Panasonic que estava “desaparecida” desde 2013. Embora tenha abandonado os notebooks para ficar com os tablets, a proposta aqui continua a mesma: oferecer uma maneira eficiente de trabalhar em qualquer situação ou ambiente.

Uma vez que estamos falando de um tablet híbrido, de fato, a ideia se tornou mais verdadeira do que nunca – afinal, ele pode tanto servir como um tablet único quanto se encaixar em seu dock de teclado para ganhar uma carga extra de bateria. Ao mesmo tempo, a estrutura feita em alumínio e com bordas emborrachadas garante muita resistência a quedas e impactos, enquanto seu interior é seguramente protegido de água e poeira, com direito a um certificado IP65.

Versatilidade antes de desempenho

Já na parte do hardware, você deve imaginar que o Toughbook 20 não é nada exatamente impressionante. O que não quer dizer que ele deixe a desejar: graças a um processador Intel Core M5 dual-core de 1,1 GHz e uma memória RAM de 8 GB, você provavelmente vai conseguir realizar a maioria das tarefas no Windows 10 – desde que não tente jogar algum título Triple A de altíssimo nível com gráficos no Ultra.

Fechado desse jeito, ele parece um computador dos filmes de ficção científica

Da mesma maneira, a tela de 10,1 polegadas em resolução de 1920x1200 pixels não deve deixar ninguém decepcionado. Junte isso a um SSD de 128 GB (expansível para 256 ou 512 GB) e duas baterias de 2.600 mAh (uma no tablet e outra no teclado) e temos um aparelho que pode servir para as mais variadas tarefas por umas boas horas.

Vale notar, inclusive, que o Toughbook 20 pode ser melhorado com uma série de opcionais interessantes. Você pode, por exemplo, adicionar suporte a 4G para ele, bem como colocar um leitor de código de barras, uma entrada serial ou um USB 2.0 a ele – mas você vai ter que escolher qual deles deseja. Isso também vale para um leitor de SmartCard, um sensor NFC ou um leitor de digitais. Há também uma câmera traseira de 8MP, para quem não quiser só ficar nas selfies.

Especificações Técnicas

  • Tela: IPS de 10,1 polegadas
  • Resolução de tela: WUXGA (1920x1200 pixels)
  • Sistema operacional: Windows 10 Pro
  • Processador: Intel Core M5-6Y57 vPro dual-core de 1,1 GHz (até 2,8 GHz com Turbo Boost)
  • GPU: Intel HD Graphics 515
  • Memória RAM: 8 GB DDR3L de 1.600 MHz
  • Armazenamento interno: 128 GB SSD (até 512 GB SSD opcional)
  • Armazenamento externo: cartões micro SDXC
  • Câmera traseira: 8 MP opcional com foco automático e flash LED triplo
  • Câmera frontal: gravações em 1080p
  • Conectividade do tablet: Bluetooth 4.1 EDR, WiFi a/b/g/n/ac, porta micro USB 3.0, porta micro USB 3.0 de alta potência 1.5A, HDMI, Ethernet 10/100/1000, entrada de áudio, Micro-SIM
  • Conectividade do teclado: porta micro USB 3.0 x2, porta micro USB 2.0 x1, SDXC, HDMI, VGA, Ethernet 10/100/1000, Serial (USB)
  • Durabilidade: chassi em liga de magnésio com ABS e bordas em elastômero, certificado IP65 de proteção contra poeira e água, alça retrátil, proteção para portas de entrada reforçadas
  • Bateria: 2.600 mAh ion-lítio + 2.600 mAh com bateria secundária do teclado
  • Peso: 1,76 kg
  • Dimensões: 27,1 cm de largura x 23,3 cm de altura x 3,3 cm de espessura
  • Opcionais: 4G LTE, leitor de código de barras/serial/USB 2.0, leitor de SmartCard/NFC/digitais, câmera traseira de 8 MP, bateria Bridge, SSD de 256/512 GB
  • Garantia: 3 anos

Nada mal para um aparelho focado na durabilidade, não?  Infelizmente, tantas qualidades pesam no preço do Toughbook 20, que chega por módicos US$ 3.099 dólares – absurdos 11,7 mil reais, considerando apenas uma simples conversão de moeda.

Caso ainda tenha interesse em colocar as mãos nesse notebook, é só esperar: segundo a empresa, o Panasonic Toughbook 20 chega às lojas apenas em fevereiro de 2016.

Vale a pena pagar caro para ter um dispositivo móvel mais resistente? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: