Então você juntou todas as suas economias, comprou aquela poderosa TV 4K, assistiu a tudo o que o Netflix tem para oferecer com essa qualidade e agora está se perguntando o que vai fazer para fazer valer a pena seu investimento? Durante a CES deste ano, a Panasonic apresentou o protótipo de um aparelho de Blu-ray que pode ser exatamente a solução para a sua falta do que ver na tela UHD.

Há algum tempo a Associação do Disco Blu-ray, que vem sendo ameaçada pelo crescimento dos serviços de transmissão por meio da internet de banda larga, anunciou que esse tipo de mídia em breve passaria a ser capaz de reproduzir vídeos em 4K. Com a novidade da Panasonic, vemos agora o primeiro aparelho capaz de fazer uso dos novos discos – ainda que a aparência do player esteja bem longe da que terá quando for lançado.

O novo codec H.265 será capaz de comprimir o tamanho de vídeos com o dobro da eficiência vista na geração anterior. No entanto, o custo de todo esse poder é uma grande dependência no processador, coisa que não é tão simples de resolver quanto uma atualização de software do seu reprodutor de discos e exigirá trocar seu aparelho por um dos que virão na época em que esse da Panasonic chegar.

Rompendo limites

Embora seja possível argumentar que, até a chegada do novo produto ao mercado, a oferta de conteúdo em 4K por streaming poderá crescer consideravelmente, o fato é que um serviço como o Netflix sempre será limitado pela velocidade da sua conexão. Ainda que existam serviços mais rápidos se tornando disponíveis, a maior parte do público conta com internet de no máximo 15 Mbps.

O novo player 4K da Panasonic – e seus eventuais rivais – será capaz de atingir velocidades de 50 Mbps logo de cara. Na prática, isso significa que eles vão conseguir entregar resultados muito mais impressionantes em telas grandes do que as transmissões pela internet, ainda que sua vantagem em visores de menor tamanho seja menos significativa.

Segundo a Panasonic, o novo aparelho deve ser concluído no final deste ano ou no começo de 2016, mas ainda não há previsões a respeito do preço que essa máquina vai custar. Ainda assim, é mais do que provável que essa quantia não seja nada barata, então talvez seja uma boa ideia você voltar a guardar um dinheirinho para investimentos futuros.

Cupons de desconto TecMundo: