Atividades de três fábricas serão encerradas logo no início de 2014. (Fonte da imagem: Reprodução/PlasmaTvs)

E os rumores eram verdadeiros: em release divulgado nesta quinta-feira (31), a Panasonic anunciou o mês de dezembro como data limite para a produção de displays de plasma. Isso significa que a companhia deve encerrar até o final deste 2013 a fabricação de telas, por padrão, feitas na proporção widescreen. De acordo com PDF publicado pela empresa, a criação de uma nova estrutura de negócios, que corresponde a mudanças no ambiente de desenvolvimento, deverá acelerar o crescimento da companhia.

No início de 2014, todas as seguintes fábricas não estarão mais funcionando: Amagasaki P3, Amagasaki P5 e Amagasaki P4 (esta última mantém-se ainda operante, e suas atividades deverão ser encerradas oficialmente em março do ano que vem). Os objetivos visados pela Panasonic relacionam-se sobretudo a reformulações de ordem administrativas: mais recursos ao desenvolvimento de estratégias de negócios serão gerados a partir do final da produção de telas de plasma.

Também conforme alegado pela fabricante japonesa, o impacto do LCD sobre o mercado de eletrônicos é hoje bastante forte – a demanda por telas de plasma não tem sido satisfatória, o que justifica o cancelamento da produção dos tais displays. Mas, afinal, quais são as diferenças entre ambas as tecnologias? Clique aqui e confira um artigo completo acerca desse assunto.

Cupons de desconto TecMundo: