(Fonte da imagem: Reprodução/Reuters)

Apesar de elogiadas, as televisões de plasma da Panasonic devem começar a desaparecer do mercado em breve. Segundo informações obtidas pela Reuters, até março de 2014 a companhia deve encerrar a produção de aparelhos com essa característica devido aos resultados negativos que o segmento vem apresentando nos últimos anos.

Com o crescimento do mercado baseado em displays LCD e LED, dispositivos de plasma acabaram relegados a uma fatia bastante reduzida do mercado, cuja participação vem caindo anualmente. Segundo a empresa, centenas de funcionários vão ser realocados em posições diferentes dentro de sua estrutura, e não se descarta a possibilidade de que demissões possam ocorrer.

A decisão de abandonar esse nicho vai custar US$ 413 milhões à Panasonic, preço investido em sua última planta de fabricação de produtos do tipo. A desistência da companhia japonesa deve representar o fim definitivo da tecnologia de displays de plasma que, embora tenham conquistado vários consumidores, não se mostrou capaz de superar os concorrentes.

Cupons de desconto TecMundo: