Eis que os rumores surgidos há poucos dias finalmente encontraram o seu fim. Um comunicado publicado hoje (1º) pela Panasonic confirmou a existência da ousada Lumix GX7 – a poderosa sucessora da GX1. E não apenas as principais especificações técnicas acerca deste capturador de luz vieram à tona; vídeos gravados pela nova câmera também podem ser assistidos em Full HD.

Vestida por uma liga de magnésio fundida a um plástico preto, a DMC-GX7 conta com um visor LVF capaz de ser posicionado a um ângulo de 90º. A reprodução das cores por um sensor Digital Live MOS promete ser de 100% – uma vez que funciona à base de um novo método de captação sequencial de luz. Vídeos em Full HD (1920x1080p) podem ser gravados e a qualidade dos clipes – conforme bem se pode notar em ambas as demonstrações aqui postadas – é realmente excelente.

Visor LVF pode ser posicionado a 90º. (Fonte da imagem: Divulgação/PanasonicLumixVideo)

É interessante notar que o modo AF vai poder ser ativado durante as gravações – o motor de foco vai trabalhar em modo silencioso, não interferindo na captação de som estéreo. Fotos de até 16 megapixels vão poder ser tiradas; 22 filtros integrados às opções de fotografia estarão disponíveis aos usuários. E pasme: o obturador da GX7 pode disparar na incrível velocidade de 1/8000 (a lente utilizada deve comportar, contudo, esse fantástico desempenho de shutter).

Visual retrô esconde funções poderosas. (Fonte da imagem: Divulgação/PanasonicLumixVideo)

Essas características fazem com que este novo dispositivo incorpore as funções de Time Lapse, Stop Motion e de Clear Retouch. Outra novidade diz respeito a um estabilizador de imagens embutido no próprio corpo da câmera. “Ele é tão eficaz quanto os MEGA OIS encontrados em lentes DSLM convencionais da Panasonic”, pode-se ler no comunicado publicado pela PR Newswire.

Confira, a seguir, um vídeo gravado e editado por Dai Ozaki com a câmera anunciada: